08 de Setembro, 2011 - 10:11 ( Brasília )

Geopolítica

China promete "vigor inédito" se EUA venderem armas a Taiwan


A imprensa oficial chinesa pediu nesta quinta-feira aos Estados Unidos que tenham "consciência dos danos" que provocariam com uma possível venda de armas a Taiwan, à qual Pequim responderia com um "vigor inédito".

"Se os Estados Unidos venderem a Taiwan aviões caça F-16, a reação da China terá um vigor inédito", afirma a edição em chinês do nacionalista Global Times.

O Diário do Povo, órgão oficial do Partido Comunista, "pede aos Estados Unidos que tenham consciência dos danos" que seriam provocados com a venda.

O governo Barack Obama indicou em agosto que Washington estava atado por uma lei, aprovada pelo Congresso em 1979, que exige que os Estados Unidos façam o necessário para que Taiwan possa se defender.

A revista americana Defense News informou que uma delegação do Pentágono viajou a Taiwan para informar as autoridades da ilha que Washington rejeitava a demanda da ilha para a compra de 66 caças F-16C/D e que estudava uma maneira de ajudar os taiwaneses a modernizar os F-16A/B que já possui.