13 de Agosto, 2011 - 08:34 ( Brasília )

Geopolítica

Porta-aviões americano Ronald Reagan atraca em Hong Kong


O porta-aviões americano USS "Ronald Reagan" atracou este fim de semana no porto chinês de Hong Kong para uma escala de quatro dias de alto valor simbólico, já que acontece na mesma semana em que a China estreou em águas marítimas sua primeiro embarcação deste tipo, informou a imprensa estatal.

Segundo o oficial China Daily, os marinheiros do porta-aviões americano participarão nos próximos dias em projetos de serviço comunitário e conhecerão a cultura local. A embarcação da Marinha americana, propulsionado por energia nuclear, participou dos últimos meses em missões humanitárias no litoral japonês afetado pelo terremoto e posterior tsunami de março.

O primeiro porta-aviões da China, comprado da Ucrânia em 1998 e ainda não batizado, iniciou sua primeira viagem de teste no dia 10 de agosto, um feito que causou preocupação ao Exército americano, que vê o gesto como uma reafirmação do poder militar chinês perante seus vizinhos e rivais no Pacífico. Por isso, o governo americano pediu esta semana ao chinês que explique por que o gigante asiático precisa de um porta-aviões.

A China, no entanto, era o único membro permanente do Conselho de Segurança da ONU que não contava com este tipo de navio estratégico, e já anteriormente tinha assegurado que o porta-aviões será utilizado principalmente com fins "científicos, de experimentos e treinamento".