08 de Agosto, 2011 - 11:04 ( Brasília )

Geopolítica

Coreia do Norte exige fim de ações militares entre Sul e EUA


A Coreia do Norte exigiu nesta segunda-feira o fim das manobras militares conjuntas anuais de Coreia do Sul e Estados Unidos, que devem acontecer ainda em agosto, caso desejem a retomada das relações e o fim do programa nuclear na península coreana.

"Os exercícios militares são uma guerra de agressão contra o Norte e incluem manobras de guerra nuclear", afirma o Exército norte-coreano em uma carta aberta publicada pela agência oficial do regime de Pyongyang, KCNA.

"Seul e Washington deveriam demonstrar ao mundo sua vontade de acabar com programa nuclear na península anulando estas operações", acrescenta o texto.

Os dois países aliados qualificam as manobras conjuntas, que este ano começarão em 16 de agosto com o nome de "Freedom Guardian" ("Guardião da Liberdade"), de exercícios habituais de defesa, mas Pyongyang alega que são uma preparação para a invasão do norte da península.