02 de Agosto, 2011 - 10:34 ( Brasília )

Geopolítica

Otan reforçará sua presença no Kosovo para enfrentar tensão


A Otan reforçará sua presença no Kosovo para enfrentar a situação de tensão gerada nos últimos dias na fronteira entre a Sérvia e sua antiga província, disse nesta terça-feira à Agência Efe a porta-voz do organismo, Carmen Romero.

"A mobilização começará nos próximos dias", disse Romero, que não informou o número de soldados que irão para a região.

A missão da Otan no Kosovo (KFOR) tomou na semana passada o controle das duas passagens fronteiriças com a Sérvia no norte depois dos incidentes registrados nos postos alfandegários.

Segundo Romero, com a decisão desta terça-feira, a Otan ativa sua reserva operacional para o Kosovo a pedido do comando da missão com o objetivo de aliviar a tarefa das tropas presentes na região.

A Otan mantém atualmente no Kosovo mais de 6 mil militares de 31 países, 23 deles membros da Otan, com o objetivo de manter a paz e a segurança na ex-província sérvia.

Na segunda-feira, as forças da KFOR reabriram parcialmente ao tráfego as passagens de Jarinje e Brnjak, entre a Sérvia e o Kosovo, fechadas na semana passada após os confrontos entre as duas partes.

Enquanto isso, a tensão se mantém desde terça-feira passada, quando forças especiais kosovares ocuparam os postos fronteiriços com a Sérvia, uma operação à qual grupos de sérvios radicais responderam com violência.

Um policial kosovar morreu em um tiroteio e um dos postos alfandegários foi incendiado.