02 de Agosto, 2011 - 09:52 ( Brasília )

Geopolítica

Rússia critica resolução dos EUA sobre Abkházia e Ossétia do Sul


O Ministério das Relações Exteriores russo criticou nesta segunda-feira a resolução aprovada pelos Estados Unidos que reivindica à Rússia que retire suas tropas das repúblicas georgianas da Abkházia e da Ossétia do Sul.

"As declarações de senadores americanos a respeito mostram analfabetismo na área do direito internacional", afirmou Aleksandr Lukashevich, porta-voz do ministério russo.

A resolução que reconhece a Abkházia e a Ossétia do Sul como regiões da Geórgia "ocupadas pela Federação Russa" alimenta os ânimos de vingança, "próprios da política de Tbilisi (capital da Geórgia)", afirmou o funcionário, citado pelas agências locais.

O Senado dos EUA adotou na semana passada por unanimidade uma resolução que exige à Rússia que respeite a integridade territorial da Geórgia e que retire suas tropas da Abkházia e da Ossétia do Sul.

A Geórgia rompeu relações com a Rússia após a guerra pelo controle da Ossétia do Sul e depois que o Kremlin reconheceu a independência das duas regiões em agosto de 2008.

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) tentou fazer as partes retomarem o diálogo, mas tanto os separatistas quanto Moscou exigem como condição a assinatura de um pacto de não agressão pela Geórgia.

Além disso, a Rússia sustenta que as independências da Abkházia e da Ossétia do Sul, regiões com as quais Moscou assinou acordos de cooperação e assistência mútua em caso de agressão, são irreversíveis.