21 de Julho, 2011 - 10:34 ( Brasília )

Geopolítica

EUA advertem para ataques de 'extremistas' contra seu território


O departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos advertiu para o risco de ataques de "extremistas violentos" contra a infraestrutura de serviços do país, revela nesta quarta-feira a rede de televisão ABC. Segundo a ABC News, o departamento de Segurança Interna emitiu na véspera um comunicado advertindo que "extremistas violentos se infiltraram" nas infraestruturas de serviços do país, que poderão utilizar para realizar ataques físicos ou cibernéticos por ordem da Al-Qaeda.

O comunicado adverte que um extremista infiltrado trabalhando no setor químico ou petroleiro poderá colaborar com a Al-Qaeda para realizar um ataque em massa em qualquer data próxima a 11 de setembro, por ocasião do décimo aniversário dos atentados de 2001, contra Nova York e Washington.

Oficiais americanos que participaram da operação militar que matou Osama bin Laden, em maio passado, no Paquistão, encontraram na residência do líder da Al-Qaeda evidências de planos para atacar os EUA no décimo aniversário do 11 de Setembro. "O único meio de se matar um elevado número de americanos na visão de Bin Laden era através do uso desta crucial infraestrutura", disse à ABC Chad Sweet, ex-chefe de pessoal do Departamento de Segurança Interna.

No ano passado, agentes americanos detiveram um suposto membro da Al-Qaeda que teria trabalhado em cinco centrais nucleares na região da Pennsylvania, enganando todos os controles federais.