12 de Julho, 2011 - 09:28 ( Brasília )

Geopolítica

Talibãs reivindicam assassinato de irmão do presidente afegão


Os talibãs reivindicaram nesta terça-feira o assassinato de Ahmed Wali Karzai, irmão mais novo de Hamid Karzai, presidente do Afeganistão, e alegaram que este foi um de seus "maiores êxitos" em quase uma década de guerra.

Um porta-voz talibã, Yusuf Ahmadi, declarou que o grupo extremista havia planejado recentemente o assassinato de Ahmed Wali Karzai, um homem poderoso e polêmico no sul afegão, acusado de envolvimento com o narcotráfico. "É um de nossos maiores êxitos desde que começou a ofensiva (da primavera (hemisfério norte)). Recentemente havíamos encomendado a Sardar Mohamad que o matasse", declarou Yusuf Ahmadi. "Sardar Mohamad também morreu", completou.

Um membro da agência de inteligência afegã (NDS) que pediu anonimato afirmou à AFP que Sardar era amigo de Ahmed Wali Karzai. "Ele visitou Wali em sua residência. Estavam sozinhos em um cômodo, ele sacou a pistola e o matou. Os seguranças entraram no local e mataram Sardar", declarou a fonte da NDS.

O crime aconteceu em Kandahar, a grande cidade do sul do Afeganistão, região na qual Ahmed Wali Karzai era um dos homens mais poderosos.