20 de Janeiro, 2015 - 16:55 ( Brasília )

Geopolítica

Navio espião russo chega a Havana na véspera da reunião EUA-Cuba


O navio de inteligência CCB-175 "Viktor Leonov", da Marinha de Guerra da Rússia, atracou nesta terça-feira em Havana, na véspera da histórica reunião entre Cuba e Estados Unidos para restabelecer relações diplomáticas.

O "Viktor Leonov", um navio de reconhecimento que navega com 200 tripulantes, entrou em 1988 na Frota do Mar Negro, com base em Sebastopol (Crimeia), mas sete anos depois foi transferido para a Frota Norte.

Nem as autoridades nem a imprensa cubanas anunciaram a chegada do navio russo, como aconteceu nas visitas anteriores, em fevereiro e março de 2014, quando permaneceu alguns dias em Havana.

Moscou e Havana foram grandes aliados por 30 anos até o desaparecimento da União Soviética em 1991. Depois de um distanciamento sob o governo de Boris Yeltsin (1991-1999), retomaram seus laços políticos e econômicos, assim como a colaboração militar.