20 de Janeiro, 2015 - 16:55 ( Brasília )

Geopolítica

Rússia precisa fortalecer Exército para se defender, diz Putin


O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta terça-feira que a Rússia precisa fortalecer suas Forças Armadas para proteger sua soberania contra os "desafios" colocados por outros países que podem ameaçar Moscou.

Os comentários de Putin reforçam seu compromisso com um caro programa de modernização das Forças Armadas do país, que o Ministério das Finanças já sinalizou que ficará fora de qualquer corte orçamentário a ser realizado pelo governo por causa da atual crise econômica.

"Vamos continuar a fortalecer as nossas Forças Armadas e organizações militares como um todo ao torná-las modernas, móveis, bem equipadas e capazes de realizar sua tarefa principal: neutralizar riscos e ameaças políticas potenciais à segurança de nosso país", disse Putin durante reunião da comissão de indústria do país.

Putin não especificou quais seriam essas ameaças, mas a nova doutrina militar russa aponta a expansão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) como uma ameaça.

Putin também acusou os Estados Unidos de tentarem subjulgar a Rússia, culpou o Ocidente pela derrubada de um presidente pró-Moscou na Ucrânia no ano passado e disse que Washington incentivou protestos contra ele há três anos.

"Vemos o quanto outros países são abertos a respeito de suas reivindicações geopolíticas e como não hesitam em interferir abertamente nos assuntos de Estados independentes ao mesmo tempo em que expandem e melhoram ativamente seus arsenais militares", disse Putin.

"Eles gastam muitas vezes mais do que nós (em armas). Podemos e precisamos responder a este desafio."