24 de Julho, 2014 - 10:25 ( Brasília )

Geopolítica

Israel lamenta decisão do Brasil de convocar embaixador em Tel Aviv


Nota DefesaNet
Leia também: Brasil condena Israel por 'uso desproporcional da força' (Link)


Israel lamentou nesta quinta-feira a decisão do Brasil de chamar para consultas seu embaixador em Tel Aviv, uma decisão que segundo o governo do país "não contribui para encorajar a calma e a estabilidade na região".

"O que estes passos fazem é dar um apoio ao terrorismo, e naturalmente afetam a capacidade do Brasil de influenciar (a região do Oriente Médio)", segundo uma nota oficial de imprensa.

Para Israel, o retorno do embaixador "não reflete o nível das relações entre os dois países e ignora o direito de Israel e se defender".

O governo brasileiro convocou ontem para consultas o embaixador em Tel Aviv após considerar "inaceitável a escalada de violência" e condenar "energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza".

Nos 17 dias de ofensiva militar em Gaza, pelo menos 733 palestinos e 35 israelenses morreram. Além disso, 4.600 palestinos ficaram feridos.

Ainda segundo a nota do governo de Israel, o país "espera apoio de seus amigos em sua luta contra o Hamas, que é reconhecido como uma organização terrorista por muitos países do mundo".