22 de Julho, 2014 - 12:50 ( Brasília )

Geopolítica

Putin considera que hoje não há ameaças à soberania da Rússia


O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou que “hoje, não existe qualquer ameaça militar, ameaça à soberania, à integridade territorial do país”.

A garantia disso é o balanço estratégico de forças no mundo”, assinalou o chefe de Estado numa reunião do Conselho de Segurança da Rússia.

Putin reafirmou que a Rússia “respeita rigorosamente as normas do Direito Internacional, os seus compromissos perante os parceiros”.

Ele espera que também os outros países irão ter em conta os interesses nacionais da Rússia e que as questões litigiosas serão resolvidas por meios jurídicos.

Putin promete influenciar milicianos para investigar desastre do voo MH17

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, prometeu que Moscou vai usar sua influência sobre os milicianos a fim de garantir uma investigação circunstanciada do acidente do Boeing malaio caído perto de Donetsk. Estas declarações de Putin foram feitas hoje, dia 22 de julho, numa reunião do Conselho de Segurança da Federação Russa.

Além disso, o chefe de Estado russo anunciou a necessidade de exortar Kiev "a respeitar as normas básicas de decência e manter o cessar-fogo pelo menos por um curto período, enquanto durar a investigação". Por enquanto, assinalou Putin, o cessar-fogo é desrespeitado.