07 de Julho, 2014 - 14:50 ( Brasília )

Geopolítica

Ucrânia - Governo reconquista cidades-chave no leste


Rebeldes separatistas pró-Rússia se retiraram das cidades de Sloviansk e Kramatorsk, no leste da Ucrânia, e recuaram para a cidade de Donetsk, capital da região.

Eles disseram que a retirada seria um recuo estratégico e prometeram manter a luta para separar a região do resto da Ucrânia.

O recuo veio após uma ofensiva das forças do governo ucraniano nesta semana para recapturar as cidades sob controle de rebeldes.

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, descreveu a retomada da cidade de Sloviansk, que esteve ocupada por separatistas por três meses, como um momento-chave na luta do país contra os militantes que ameaçam a integração territorial do país.

O correspondente da BBC em Kiev, capital da Ucrânia, David Stern, disse que a reconquista de Sloviansk, onde começou a insurgência dos separatistas pró-Rússia, em abril, é uma vitória significativa para o governo.

Segundo um comunicado oficial, os rebeldes fugiram após intensos bombardeios com morteiros por parte de forças do governo.

As autoridades pró-Rússia na cidade de Donetsk disseram que combatentes rebeldes começaram a chegar do norte, e pediram que os moradores ficassem em suas casas.

Líderes rebeldes teriam dito que a decisão de abandonar Sloviansk foi tomada por Igor Strelkov, o comandante militar da autodenominada República do Povo de Donetsk.

Strelkov, cujo nome verdadeiro é Igor Girkin, fez um apelo na sexta-feira por intervenção da Rússia, dizendo que seus homens perderam a vontade de lutar.