29 de Maio, 2014 - 11:10 ( Brasília )

Geopolítica

Helicóptero ucraniano é abatido por rebeldes, matando pelo menos 14


Rebeldes pró-Rússia no leste da Ucrânia derrubaram nesta quinta-feira um helicóptero militar perto da cidade de Slovianks, matando 14 pessoas - segundo informações do presidente ucraniano.

Olexander Turchynov, que deixará o cargo em breve, disse que um general foi morto no ataque. Os rebeldes teriam usado sistemas antiaéreos de fabricação russa.

A cidade de Sloviansk tem sido palco de intensos combates entre separatistas e forças do governo da Ucrânia nas últimas semanas.

O magnata que fez fortuna com chocolate Petro Poroshenko, eleito presidente da Ucrânia no domingo passado, prometeu aumentar as operações contra os rebeldes.

No começo do mês, separatistas derrubaram dois helicópteros, também próximo a Sloviansk, matando o piloto e outro militar.

O conflito se intensificou desde a eleição de Poroshenko no domingo.

Os rebeldes dizem ter perdido até cem combatentes na tentativa de capturar o aeroporto de Donetsk na segunda-feira, a 130 quilômetros de Sloviansk.

Insurgentes sequestraram quatro monitores internacionais - nacionais da Dinamarca, da Estônia, da Turquia e da Suíça. O rebelde Vyacheslav Ponomaryov, que se autoproclama prefeito de Sloviansk, disse à uma agência de notícias que todos estão sendo bem tratados e poderão soltos em breve.