19 de Junho, 2011 - 11:59 ( Brasília )

Geopolítica

Combates no Paquistão deixam 25 insurgentes e 4 soldados mortos, diz Exército


Islamabad, 19 jun (EFE).- Pelo menos 25 supostos insurgentes e quatro soldados do Paquistão morreram em combates e bombardeios do Exército na demarcação tribal paquistanesa de Mohmand, segundo informou neste domingo em comunicado o escritório de imprensa das tropas.

A operação foi lançada neste sábado por tropas terrestres e pelas forças aéreas paquistaneses na região de Walidad, segundo o Exército, que precisou que a aviação lançou bombardeios de precisão contra "bunkers e posições" dos insurgentes.

"Após uma dura luta, as tropas conseguiram tomar Walidad", acrescentou o escritório de imprensa em sua nota.

De acordo com essa versão, pelo menos 25 supostos insurgentes e quatro soldados morreram durante os combates, enquanto outros oito militares ficaram feridos e os fundamentalistas sobreviventes "fugiram através da fronteira".

As áreas tribais do Paquistão jamais estiveram sob completo controle da Administração, e serviram estes anos como refúgio para membros da Al Qaeda e das facções talibãs afegã e paquistanesa.

O Exército já lançou várias operações contra os insurgentes presentes nestas áreas, e os Estados Unidos estão pressionando o governo paquistanês para que inicie uma ação em breve na demarcação do Waziristão do Norte.