16 de Abril, 2014 - 12:10 ( Brasília )

Geopolítica

Putin diz a Merkel que Ucrânia está à beira da guerra civil


O presidente russo, Vladimir Putin, advertiu a chanceler alemã, Angela Merkel, que a Ucrânia está "à beira de uma guerra civil", após o envio de tropas ucranianas para combater separatistas no leste do país, informou o Kremlin nesta quarta-feira.

"O presidente russo destacou que a escalada brutal do conflito deixou o país à beira de uma guerra civil", declarou o Kremlin em um comunicado publicado após conversa por telefone entre os dois dirigentes.

Os dois líderes "assinalaram a importância" das discussões previstas para 17 de abril e "manifestaram sua esperança de que o encontro em Genebra possa dar um sinal claro para reverter a situação de forma pacífica".

Uma reunião entre representantes de Ucrânia, Rússia, Estados Unidos e União Europeia analisará a crise ucraniana em Genebra, nesta quinta-feira. As ações do Exército ucraniano no leste do país apresentam "um recurso inconstitucional à força contra manifestações pacíficas", destaca o comunicado do Kremlin.

Putin lembrou ainda a importância de se estabilizar a economia ucraniana e de manter o fornecimento de gás russo à Europa. Em outra conversa, com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, o presidente russo "destacou que esta escalada brutal é consequência das políticas irresponsáveis de Kiev, que tem ignorado os direitos e interesses jurídicos da população russófona do país". Ele também considerou "inaceitável" o uso da força contra "movimentos civis de protesto" no leste da Ucrânia.