15 de Abril, 2014 - 12:30 ( Brasília )

Geopolítica

Defesa espacial russa lança míssil balístico em meio à crise

O míssil teria sido lançado, em caráter de teste, no interior da Rússia, nesta segunda-feira; segundo o porta-voz, o lançamento queria confirmar "confiabilidade de mísseis"

Em meio ao aumento da tensão na Ucrânia, as forças russas estratégicas de mísseis e de defesa aérea e espacial lançaram um míssil balístico intercontinental chamado “RS- 24 Yars” com ogivas múltiplas (ogiva é uma forma de arma nuclear). 

O míssil decolou de um lançador móvel às 10h40 locais desta segunda-feira (3h40 da manhã em Brasília), em Plesetsk, a 800 km de Moscou, revelou o porta-voz da força de mísseis estratégicos do Ministério da Defesa, coronel Igor Yegorov.

"O principal objetivo do lançamento era confirmar a confiabilidade de um lote de mísseis fabricados em Votkinsk, na Udmurtia", disse.

A missão teria sido bem-sucedida.

O míssil RS-24 Yars foi projetado pelo Instituto de Tecnologia Térmica de Moscou. Misseis balísticos intercontinentais seguem uma trajetória predeterminada; alguns podem levar até várias ogivas nucleares de uma só vez.

Nos últimos dias, prédios públicos de diversas cidades do leste ucraniano foram tomados por milícias pró-russas. Para combater o movimento, o presidente interino do país anunicou o que chamou de "grande escala de operação antiterrorista" contra os manifestantes pró-russos Esta manhã, o clima de tensão se acirrou. A Rússia já havia advertido que a ação militar de Kiev teria “graves repercussões”.