18 de Março, 2014 - 14:10 ( Brasília )

Geopolítica

Obama convoca G7 e UE para reunião sobre Ucrânia

Encontro será na próxima semana; líderes também abordarão as próximas decisões que o G7 poderia tomar para responder à evolução da situação e apoiar a Ucrânia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu aos líderes do G7 e da União Europeia uma reunião na próxima semana em Haia, à margem do encontro de cúpula sobre segurança nuclear, para debater a situação na Ucrânia, anunciou a Casa Branca.

"A reunião estará centrada na situação na Ucrânia e nas próximas decisões que o G7 poderia tomar para responder à evolução da situação e apoiar a Ucrânia", afirmou a porta-voz do Conselho de Segurança Nacional (NSC), Caitlin Hayden.

Na semana que vem, entre segunda-feira e terça-feira, mais de cem chefes de Estado e de governo estarão em Haia para participar da Cúpula de Segurança Nuclear.

Na nota, a Casa Branca lembrou que os Estados Unidos e os outros membros do G7 já decidiram recentemente suspender a participação para a cúpula do G8 (G7 mais a Rússia) inicialmente prevista para ocorrer em Sochi, na Rússia, em junho para denunciar a "violação" da soberania da Ucrânia por Moscou.

A crise continua aumentando e hoje o chefe do Kremlin, Vladimir Putin, e os líderes da Crimeia assinaram um tratado que transforma a Crimeia em parte integrante da Rússia, com efeito imediato, sem levar em consideração as sanções ocidentais impostas na segunda-feira.

A Ucrânia respondeu imediatamente e seu Ministério das Relações Exteriores declarou que não reconhece a anexação da Crimeia à Federação Russa.

A decisão foi imediatamente denunciada por países ocidentais e por Kiev.

 

Com informações da AFP e EFE.