17 de Março, 2014 - 09:50 ( Brasília )

Geopolítica

Obama: EUA estão prontos para impor sanções à Rússia

Em conversa telefônica com Putin, o presidente americano afirmou que país sofrerá sanções caso militares não parem "incursões" na Ucrânia

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, em um telefonema no domingo, que os EUA rejeitam o resultado do referendo na região ucraniana na Crimeia e alertou que o governo norte-americano está pronto para impor sanções a Moscou devido à crise.

Obama "enfatizou que as ações russas violaram a soberania e integridade territorial da Ucrânia e que, em coordenação com nossos parceiros europeus, nós estamos preparados para impor custos adicionais à Rússia por essas ações", disse a Casa Branca em comunicado.

O presidente americano disse a Putin que a crise ainda pode ser resolvida diplomaticamente, mas afirmou que os militares russos precisam primeiro parar as "incursões" na Ucrânia, acrescentou a Casa Branca.

Uma apuração completa preliminar dos votos mostrou que 96,77 por cento dos eleitores na região ucraniana da Crimeia votaram a favor da adesão à Rússia, disse nesta segunda-feira o presidente da comissão do governo regional responsável por supervisionar o referendo.