07 de Fevereiro, 2014 - 10:35 ( Brasília )

Geopolítica

Pentágono vai aumentar gastos com mísseis em US$4,5 bi, dizem fontes

Cerca de 1 bilhão de dólares será para um novo radar de defesa a ser instalado no Alasca

O Departamento de Defesa dos EUA planeja pedir ao Congresso 4,5 bilhões de dólares de verba extra para mísseis de defesa nos próximos cinco anos como parte do orçamento do ano fiscal de 2015, afirmaram fontes parlamentares e um especialista.

Cerca de 1 bilhão de dólares dessa quantia será para um novo radar de defesa a ser instalado no Alasca, com um adicional de 560 milhões de dólares para financiar o projeto de um novo interceptor depois de diversos voos testes malsucedidos, disse Riki Ellison, fundador de uma entidade sobre mísseis de defesas, e duas fontes do Congresso, que não estão autorizadas a falar publicamente.

O pedido de aumento de verba do Pentágono será feito apesar da pressão contra gastos militares e cortes em outros programas, um sinal da crescente preocupação de Washington com as ações para desenvolver mísseis da Coreia do Norte e Irã, disse uma fonte.

A Casa Branca pretende enviar seu projeto de orçamento para o ano fiscal de 2015 ao Congresso no dia 4 de março.

Mísseis de defesa estão entre os maiores itens do orçamento anual do Pentágono, apesar de os republicanos terem criticado o governo Barack Obama por reduzir as verbas nos últimos anos.