13 de Junho, 2011 - 10:23 ( Brasília )

Geopolítica

Novo Governo é formado no Líbano


O secretário-geral da Presidência libanesa anunciou nesta segunda-feira a formação de um novo Governo dirigido por Najib Mikati e composto por 30 ministros, após quase cinco meses de disputas políticas.

Mikati, que foi designado primeiro-ministro em 25 de janeiro após a queda do Executivo liderado por Saad Hariri, obteve o cargo graças ao apoio de uma coalizão liderada pelo movimento xiita Hisbolá.

O anúncio se produz após uma reunião no Palácio Presidencial de Baabda entre Mikati, o presidente do Líbano, Michel Suleiman, e o chefe do Parlamento, Nabih Berri.

Em um comparecimento diante da imprensa após o anúncio da notícia, Mikati afirmou que o novo Executivo "será o gabinete de todo o Líbano e trabalhará para todos os libaneses, sem distinção nenhuma e sem que haja vencedores nem vencidos".

"O Governo respeitará os valores da justiça, da tolerância e do amor. Não há substituto à coexistência. Terá como lema todos para a pátria e para a ação", ressaltou.

Mikati assegurou que o novo Governo trabalhará para manter a estabilidade no país e para manter boas relações com todos os países, respeitando a soberania de cada um deles.

As dezenas de ministros que compõem o novo gabinete pertencem à nova maioria parlamentar, mas entre eles há nomes novos e alguns tecnocratas.

As tentativas de Mikati de formar um gabinete não deram resultados até hoje, apesar de o Governo estar formado apenas pelos grupos que o levaram ao poder.

A coalizão presidida pelo primeiro-ministro interino, Saad Hariri, já tinha anunciado que não participaria do novo gabinete.