03 de Dezembro, 2013 - 10:11 ( Brasília )

Geopolítica

Coreia do Norte: tio de Kim Jong-un é afastado do poder

Jang Song-thaek era consider o mentor de Kim Jong-un

O tio do jovem dirigente norte-coreano Kim Jong-un, considerado durante muito tempo como seu mentor, foi destituído do cargo que ocupava nas Forças Armadas e vários de seus colaboradores foram executados, informaram fontes do governo sul-coreano à imprensa.

Em um relatório dirigido a uma comissão parlamentar, os serviços de inteligência sul-coreanos afirmam que Jang Song-thaek foi destituído do cargo de vice-presidente da Comissão de Defesa Nacional, informou um deputado à imprensa. Esta comissão é o órgão mais importante na tomada de decisões no país, governado por uma dinastia comunista.

Caso a notícia seja confirmada, a destituição de Jang Song-thaek seria o ato político mais significativo no regime stalinista norte-coreano desde a chegada ao poder de Kim Jong-un em dezembro de 2011, depois que seu pai, Kim Jong-il, morreu vítima de um infarto.

Em uma reunião urgente com a comissão parlamentar, os serviços de inteligência sul-coreanos afirmaram que Jang "foi destituído do cargo recentemente e dois colaboradores, Ri Yong-ha e Jang Soo-kil, executados em público em meados de novembro", afirmou o deputado Jung Cheong-Rae. "Todos os membros do Exército foram informados das execuções. Desde então, Jang Song-thaek desapareceu", disse.

Jang Song-thaek, marido da irmã de Kim Jong-il, foi durante décadas um dos personagens vitais do regime norte-coreano, governado por três gerações de Kim (avô, pai e filho) desde a Segunda Guerra Mundial. Recentemente ele guiou o sobrinho nos primeiros passos à frente do Estado.