07 de Novembro, 2013 - 01:50 ( Brasília )

Geopolítica

Colômbia – Kfirs da FAC interceptam Tu-160 russos que invadiram espaço aéreo


 

Nota DefesaNet

Os dois incidentes em poucas horas com os bombardeiros estratégicos Tu-160 Blackjack, merecem uma análise mais acurada.

Recomendamos a leitura do texto Entendendo a Dissuasão - Espaço Aéreo Link

Lembramos que neste mesmo período os russos realizaram uma demonstração de força no Mar Báltico. E no Japão caças são enviados para interceptar avião de inteligência Il-20.

O Editor





A Colômbia vai enviar uma carta de protesto à Rússia depois que dois aviões de combate russos entraram duas vezes no espaço aéreo da nação andina sem autorização quando voavam entre Venezuela e Nicarágua na semana passada, disse o presidente Juan Manuel Santos na terça-feira (05NOV13).

Santos disse que os dois aviões cruzaram o espaço aéreo colombiano na sexta-feira (01NOV13), voando da Venezuela para a Nicarágua. Eles voltaram a entrar em território colombiano na viagem de volta, mas voaram fora da zona quando interceptados por dois aviões militares da Colômbia.

"Como são aviões militares e do governo, necessitavam de permissão, mas não o fizeram a solicitação. Simplesmente pedimos que o Ministério das Relações Exteriores faça a respectiva notificação ao governo russo", disse Santos a repórteres depois de uma reunião do governo sobre questões de segurança.

Fontes militares afirmaram que os aviões eram bombardeiros estratégicos Tupolev Tu-160 Blackjackde fabricação russa, e que voavam da cidade venezuelana costeira de Maiquetia para a capital da Nicarágua, Manágua. As fontes disseram que os bombardeiros entraram no espaço aéreo colombiano sobre o arquipélago de San Andres y Providencia, no mar caribenho.

De acordo com fontes da Fuerza Aérea Colombiana (FAC), os dois bombardeiros tinham os registros XM94115 e  XM94104.

O  general Guillermo León León, comandante da Fuerza Aérea Colombiana, informou que os sobrevoos tem ocorrido com regularidade, tendo sido expedidas autorizações para cinco sobrevoos  de aviões russos na mesma rota entre Venezuela e Nicarágua.

O Ministério da Defesa da Rússia declarou que os bombardeiros percorreram uma distância de mais de 10.000 km, em um voo de 13 horas sem escalas. Em seu caminho para a Venezuela foram reabastecidos por Il-78. No dia 28 de Outubro ao sobrevoarem as águas próximas à Noruega foram acompanhados por caças F-16 da Base de Bodo.

A RAF também monitorou o voo dos dois TU-160 ao cruzaram próximos das ilhas inglesas.

O envio dos Tu-160 Blackjack à  Venezuela e Nicaragua eran parte do programa da visita do Conselheiro de Segurança  da Federação Russa, Nikolay Patrushev.

Tribunal de Haia

No ano passado, o Tribunal de Justiça Internacional em Haia rejeitou uma reivindicação da Nicarágua sobre as ilhas colombianas no arquipélago, mas estendeu a zona econômica e plataforma continental da Nicarágua até águas próximas das ilhas, que são ricas em peixes e que podem ter grandes reservas de petróleo.

A Colômbia considerou o veredicto do tribunal como inaplicável e continua exercendo controle sobre as águas, aumentando tensão com a Nicarágua.