02 de Junho, 2011 - 10:16 ( Brasília )

Geopolítica

Combates en Mogadíscio deixam ao menos 17 civis mortos


Pelo menos 17 civis morreram nesta quinta-feira em Mogadíscio em combates pelo controle do mercado central de Bakara entre insurgentes shebah e forças governistas, apoiadas pela Força de Paz da União Africana (Amisom), segundo fontes médicas.

"Pelo menos 17 mortes de civis foram registradas, incluindo nove pessoas mortas por apenas um obus de artilharia lançado contra um ponto de ônibus perto do hospital Arafat", afirmou à AFP o chefe do serviço de ambulâncias da capital, Ali Muse.

"Quarenta e seis civis ficaram feridos nos atos de violência. Mas este é um balanço provisório", afirmou Muse.

A maioria das vítimas foi atingida em Arafat, um bairro da zona norte da cidade sob controle do shebab.

Procurado pela AFP, uma fonte das forças de segurança do governo de transição somali (TFG) se recusou a confirmar o balanço, mas afirmou que as forças governistas, apoiadas pelas tropas Uganda e Burundi da Amisom, tomaram o controle de várias posições e avançaram até o mercado de Bakara, um reduto islamita.

No dia 12 de maio, a Amisom iniciou uma série de novas operações contra os islamista em duas linhas de frente da capital somali, apertando o cerco sobre o mercado de Bakara, grande fonte de recursos para os shebab na lucha contra o TFG do presidente Sharif Sheikh Ahmed.