31 de Maio, 2011 - 12:45 ( Brasília )

Geopolítica

Líbia - Em Benghazi, chanceler italiano diz que "Kadafi está acabado"


"O regime de Kadafi está acabado", afirmou nesta terça-feira à imprensa o ministro italiano das Relações Exteriores, Franco Frattini, que viajou a Benghazi, reduto da oposição líbia, para inaugurar um consulado.

"O regime de Kadhafi está acabado. Deve deixar o poder e deve abandonar o país", declarou Frattini em uma entrevista coletiva ao lado do titular das Relações Exteriores do opositor Conselho Nacional de Transição (CNT), Ali al Essawi.

A Itália, antiga potência colonial na Líbia e que foi um importante sócio comercial do regime de Muammar Kadafi, anunciou recentemente o envio de 10 conselheiros militares a Benghazi. O governo italiano reconheceu o CNT como interlocutor legítimo na Líbia.