26 de Maio, 2011 - 09:33 ( Brasília )

Geopolítica

Espanha: presos empresários que venderiam helicópteros para o Irã


Agentes da Polícia Nacional espanhola prenderam cinco empresários espanhóis que venderiam ilegalmente nove helicópteros de combate e peças de reposição para Irã e Venezuela. Na mesma operação, batizada de "Nam", foram presos três iranianos que tinham viajado para a Espanha para formalizar a compra clandestina de material de guerra. As informações são do jornal espanhol El País.

A polícia encontrou nove helicópteros Bell-212, de fabricação nos EUA (fabricado também sob lincença pela empresa anglo-italiana AgustaWestland), peças sobressalentes e outros materiais, todos avaliados em 100 milhões de euros. O Bell-212 é usado para transporte de tropas e material de guerra e sua exportação é proibida pela ONU, estando sob controle rigoroso por parte da legislação espanhola.

Os empresários espanhóis ofereciam essas aeronaves sem a aprovação obrigatória do Ministério da Defesa. Os helicópteros estavam escondidos em armazéns nas cidades de Navas del Rey (Madrid), Sabadell e Terrassa (Barcelona). Nos navios de propriedade dos espanhóis presos, homens preparavam a montagem e desmontagem antes da venda e transferência para Irã e Venezuela.

A operação, segundo o El País, ainda está em aberto. Novas prisões não estão descartadas.