20 de Maio, 2011 - 15:23 ( Brasília )

Geopolítica

Oriente Médio - Para líder opositora, Netanyahu coloca Israel em risco


A líder da oposição e ex-chanceler israelense Tzipi Livni disse nesta sexta-feira que o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, "coloca em risco a segurança de Israel" ao declarar-se contrário ao plano dos Estados Unidos de criar um Estado palestino com base nas fronteiras de 1967. "Netanyahu está fazendo Israel pagar um preço alto demais para salvar sua coalizão", afirmou Livni, citada pela rádio pública.

"O primeiro-ministro prejudica desnecessariamente as relações entre Israel e os Estados Unidos. Deste modo, coloca em risco a segurança de Israel", lamentou a líder do Kadima, principal partido opositor israelense. "Um primeiro-ministro que trata os Estados Unidos como um inimigo corre o risco de que, um dia, também seja tratado assim. Seria melhor ele deixar o poder", estimou. "O fato de que um presidente americano apoia a ideia de dois Estados (israelense e palestino) é favorável aos interesses de Israel", destacou Livni.

Netanyahu chegou nesta sexta-feira a Washington, preocupado e decepcionado, segundo uma fonte do governo israelense, com o discurso do presidente Barack Obama, que instou os israelenses a retomar as negociações de paz com os palestinos. "Há coisas que não podem ser varridas para debaixo do tapete", teria dito Netanyahu, segundo um alto funcionário israelense, que falou com a imprensa durante o voo que levou o premier aos Estados Unidos - onde se encontrará com Obama. "Há uma sensação de que Washington não compreende a realidade, de que Washington não entende o que enfrentamos", indicou.