17 de Abril, 2013 - 10:04 ( Brasília )

Geopolítica

Coreia do Sul compra helicópteros de ataque por R$ 3,2 bi


A Coreia do Sul afirmou na quarta-feira que vai comprar helicópteros de ataque avaliados em 1,8 bilhão de won (cerca de R$ 3,2 bilhões) da Boeing para melhorar sua capacidade de reação às ameaças da Coreia do Norte. A decisão de comprar os novos helicópteros foi iniciada antes da escalada da tensão entre as Coreias do Norte e Sul, depois do terceiro teste nuclear realizado pelo Norte, em fevereiro.

Os helicópteros AH-64E Apache Guardian da Boeing venceram os AH-1Z Viper, construídos pela Bell Helicopter, divisão da Textron, e o T-129 da Turkish Aerospace Industries, afirmou uma autoridade da Administração do Programa de Aquisições de Defesa da Coreia do Sul. "A capacidade do motor do Apache e carga de armas, assim como a capacidade melhorada de alvos, receberam altas avaliações", contou a autoridade aos repórteres.

As autoridades presentes em uma coletiva não quiseram revelar quantos helicópteros estavam envolvidos no acordo, porém um deles disse à Reuters que o acordo era para 36 aeronaves.

A Coreia do Sul também quer adquirir 60 caças este ano. Para este negócio, o caça invisível a radares F-35 stealth, produzido pela Lockheed Martin, e o caça F-15 Silent Eagle, da Boeing, estão competindo com o Eurofighter Typhoon, desenvolvido pelo consórcio entre a EADS, Finmeccanica SpA e BAE Systems.