15 de Março, 2013 - 10:44 ( Brasília )

Geopolítica

Obama reafirma a Israel que não permitirá que Irã tenha bomba atômica

Obama: Irã precisa de pouco mais de um ano para desenvolver bomba nuclear

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que seu país tem capacidade suficiente para impedir que o Irã obtenha uma bomba nuclear e que mantém todas as opções sobre a mesa para evitar que isso aconteça.

"Achamos que levaria cerca de um ano para que o Irã de fato desenvolva uma arma nuclear, mas obviamente não queremos arriscar demais e chegar perto deste prazo", disse Obama em entrevista à emissora de TV israelense Channel 2, transmitida nesta quinta-feira, antes de uma visita que ele fará na semana que vem.

"Tenho falado com o primeiro-ministro (israelense) Benjamin Netanyahu, como fiz ao longo dos últimos anos sobre esta questão, minha mensagem para ele será a mesma de antes. Se conseguirmos resolver diplomaticamente, será uma solução mais duradoura, mas se não conseguirmos, continuo a manter todas as opções sobre a mesa", disse.

O Irã nega estar buscando a bomba atômica e disse que seu programa nuclear tem fins puramente pacíficos.

A primeira visita presidencial de Obama a Israel vem no começo da primavera no hemisfério norte --a "linha vermelha" estabelecida por Netanyahu para a realização de um ataque às instalações nucleares iranianas. Netanyahu pediu que os EUA estabeleçam um prazo parecido.

Questionado se ordenaria um ataque militar ao Irã caso a diplomacia fracasse, Obama disse: "Quando digo que todas as opções estão sobre a mesa, todas as opções estão sobre a mesa".

"Os Estados obviamente têm capacidades significativas, mas nossa meta aqui é garantir que o Irã não possua uma arma nuclear que possa ameaçar Israel ou deflagrar uma corrida armamentista na região."

Irã precisa de pouco mais de um ano para desenvolver bomba nuclear

O presidente Barack Obama afirmou que o Irã precisará de pouco mais mais de um ano para desenvolver uma bomba nuclear, em declarações nesta quinta-feira a um canal israelense. "Achamos que o Irã precisará de um pouco mais de um ano para desenvolver uma arma nuclear", declarou Obama ao Canal 2, reafirmando que "todas as opções estão sobre a mesa" para impedir que o regime de Teerã produza a bomba atômica.

Obama viajará a Israel e aos Territórios Palestinos em 20 de março, em sua primeira visita à região desde sua eleição em 2008. "Minha mensagem (ao primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu) será a mesma de antes: se pudermos resolver diplomaticamente, é a melhor solução. Mas se não, mantenho todas as opções sobre a mesa", disse o presidente americano.

Ao ser perguntado se era uma opção um ataque aos centros nucleares no Irã, Obama respondeu: "Quando digo que todas as opções estão sobre a mesa, (é que) todas as opções estão sobre a mesa e os Estados Unidos obviamente têm capacidades significativas".

"Nosso objetivo é garantir que o Irã não consiga desenvolver armas nucleares que possam ameaçar Israel ou que possam desencadear uma corrida armamentista na região, o que seria extremadamente perigoso em um momento em que já estão ocorrendo muitas coisas", assegurou Obama. O presidente acrescentou ainda que não tem a intenção de libertar "imediatamente" o israelense Jonathan Pollard, preso nos Estados Unidos desde 1985 por espionagem.

 


Com Agências Reuters* / AFP
(Reportagem de Ari Rabinovitch)*