COBERTURA ESPECIAL - F-X2 - Aviação

29 de Fevereiro, 2012 - 09:04 ( Brasília )

Boeing vai propor melhoria na oferta para caças da FAB


Sergio Leo

O cancelamento da compra de Super Tucanos da Embraer anunciado ontem acontece a uma semana da visita de um alto executivo da americana Boeing, no esforço de vender seu caça FX-18 Super Hornet à Força Aérea Brasileira. A Boeing está disposta a melhorar a oferta de transferência de tecnologia, incluindo propostas de desenvolvimento conjunto de produtos aeronáuticos, caso seja escolhida como a fornecedora dos novos caças à FAB. Na próxima segunda-feira chega a Brasília o presidente da Boeing Military Aircraft, Cristopher Chadwick, que comanda o braço da empresa para o setor de Defesa.

Segundo informou a Boeing ao governo brasileiro, além do encontro já marcado com a cúpula da Força Aérea, Chadwick pediu audiências aos ministros do Desenvolvimento e da Defesa, para defender que a proposta de desenvolvimento tecnológico da empresa americana, vinculada à venda do caça FX-18 Super Hornet, é superior à oferecida pela Dassault, fabricante do francês Rafale, que era o favorito no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. A Embraer é apontada pela empresa como uma possível parceira em futuros projetos de desenvolvimento de tecnologia.

Os governos de EUA e Brasil e as empresas envolvidas asseguram que não há vinculação entre a licitações para as Forças Aéreas brasileira e americana. A interferência política que provocou reviravolta no negócio que já estava praticamente firmado pela Embraer cria constrangimento porém a menos de duas semanas da visita da presidente Dilma Rousseff a Washington, quando o tema da venda dos caças à FAB estaria na agenda com o presidente Barack Obama

 



Outras coberturas especiais


Panorama Haiti

Panorama Haiti

Última atualização 17 NOV, 19:40

MAIS LIDAS

F-X2