COBERTURA ESPECIAL - F-X2 - Aviação

09 de Fevereiro, 2012 - 15:45 ( Brasília )

F-X2 - Surge o AmoBim

Visita à Índia gera o primeiro embate com o Planalto do Ministro da Defesa Celso Amorim

Nelson Düring
Editor-Chefe DefesaNet

 
O ministro da Defesa Celso Amorim vinha escapando dos holofotes e em especial dos microfones e canetas dos jornalistas.  Longe dele o vírus do seu antecessor abatido pela incontinência verbal.

O que  tanto atazanou o seu antecessor o ex-ministro Nelson Jobim o Programa F-X2 teve a incorporação do vírus verbal.

Longe da terra natal, em um tour de 3 dias à Índia, um dos maiores parceiros estratégicos prospectivos do Brasil, os vírus atacaram sem piedade o ex-Chanceler Celso Amorim.

As pragas malditas que são o Programa F-X2 e mais o mundo de interesses que gravitam na sua volta  e a incontinência verbal acrescida da saudade da cadeira de chanceler.
Embora sejamos corretos o ministro não pronunciou, mas os indianos a colocaram em seus lábios. A agência oficial do governo da Índia a PTI divulgou a seguinte nota no próprio dia 06 de Fevereiro, seguida de um artigo um pouco mais detalhado pelo India Times, no dia 08 de Fevereiro. 

06/02/2012 India, Brazil discuss defence cooperation - PTI

New Delhi, 6 February: India and Brazil on Monday [6 February] held discussions to enhance their bilateral cooperation in areas of defence and regional security.

"Defence Minister A K Antony held talks with his Brazilian counterpart Celso Amorim and had candid discussions on bilateral defence cooperation and regional security issues," the Ministry said in a release.

Amorim is on a five-day visit to India which started on February 4. After taking over as Defence Minister in his country recently, this is Amorim's first foreign visit.
The visiting Minister emphasised that due to the high importance accorded to New Delhi by his country, he chose to visit India first, officials said.

In the 40-minute meeting between the two Ministers, senior Brazilian officials along with its Air Force chief and Indian officials also took part.

The Brazilian Defence Minister will visit HAL in Bangalore on Tuesday. India has bought six Embraer aircraft from Brazil to develop its indigenous Airborne Early Warning and Control System aircraft.

Top Ministers and bureaucrats also use the Brazilian-origin Embraer aircraft for visits within the country and the neighbouring nations.


A agenda do ministro da Defesa Celso Amorim, na Índia, tinha os seguintes compromissos:

Dia 06 Fevereiro 2012 – segunda-feira


11h00 - Reunião com Ministro da Defesa Indiano, A.K. Antony
12h00 – Reunião plenária com autoridades indianas

Dia 07 fevereiro 2012 terça-feira

 08h00 - Decola para Bangalore
10h45 - Visita à empresa Hindustan Aircraft Limited – HAL
14h00 - Visita à empresa Centre for Airbone Systems – CABS
16h00 - Decola para Nova Deli

Pois bem, surpresa geral, a visita do Ministro com o cacoete de Chanceler acabou na sala do Primeiro-Ministro Dr Manmohan Singh, no dia 06 de Fevereiro.

Para piorar os indianos comunicam que trocarão detalhes do seu também complicado Medium Multi-Role Combat Aircraft Program (MMRCA), o F-X2 local. O resultado foi anunciado no dia 31 de janeiro de 2012 e o vencedor foi o caça francês Rafale. Competiam no final o caça do Consórcio Eurofighter e o Dassault Rafale.

Foi demais para o neófito ministro. E o Planalto já aplicou o anti-vírus.

Em tempo, o vírus e os anti-vírus são já conhecidos dentro do governo Dilma Rousseff. O ministro da Defesa Celso Amorim foi chamado urgente pela ministra-chefe da Casa Civil Gleise Hoffman à Brasília. Assim o ministro cancelou a sua escala no Marrocos, prevista para quinta-feira, e voltou direto ao Brasil.

A COPAC (Comissão  Coordenadora do Programa Aeronave de  Combate), do Comando da Aeronáutica solicitou aos concorrentes do Programa F-X2 (Dassault Rafale, SAAB Gripen NG e Boeing F/A-18 Super Hornet) que estendessem as suas propostas pela segunda vez. A primeira vez foi até dezembro de 2011. Assim aas propostas apresentadas em Outubro de 2009, permanecem válidas.

O anúncio da Índia coloca três questões relevantes:

1 – É possível o Governo da Índia compartilhar dados cobertos pelas clausulas de confidencialidade apresentados pelos concorrentes?  
2 -  A informação de dar os dados de dois anos e meio atrás do F-X2 com os atualizados do MMRCA soa estranha.
 3 – Estarão o MD, FAB e COPAC tentando ganhar tempo e esquecendo do Sr Fernando Pimentel, o negociador escolhido pelo Palácio do Planalto?

Enfim a promessa em “off” dos oficiais da FAB e do próprio ministro que sai um resultado ainda no primeiro semestre pode complicar.

O que realmente surgiu foi a figura do AmoBim. A pororoca resultante de Celso Amorim mais  Nelson Jobim.

DefesaNet

India to Share Its $10 bn Fighter Selection Experience with Brazil India Times
Link

DEFESA - Amorim viaja à Índia para reforçar cooperação bilateral 01 fevereiro 2012 Link

"C'est ça" Eliane Cantanhede Link



Outras coberturas especiais


OTAN

OTAN

Última atualização 25 SET, 11:45

MAIS LIDAS

F-X2