COBERTURA ESPECIAL - F-X2 - Defesa

26 de Outubro, 2011 - 23:12 ( Brasília )

BOEING Visita Governo São Paulo

Na ocasião, empresa anunciou a Alckmin o início das atividades no Brasil

O governador Geraldo Alckmin recebeu nesta quarta-feira, 26, o presidente da Boeing International, Shephard Hill, em São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes. Na ocasião o executivo informou a Alckmin sobre a escolha de instalar um escritório da companhia em São Paulo e ampliar as atividades da empresa no Brasil.

Além disso, Hill apresentou ao governador a presidente da Boeing Brasil, Donna Hrinak. Também estava presente na reunião o presidente da Investe SP, Luciano Almeida.

"A Boeing é uma das grandes empresas aeronáuticas, senão a maior do mundo. Hoje o modal de transporte que mais cresce é aeroviário. Nós temos 31 aeroportos estaduais e estamos renovando os convênios para fazer parcerias com o setor privado", afirmou o governador.

 

Boeing terá escritório em SP e promete
transferir tecnologia


Publicado pelo TERRA INVERTIA

Hermano Freitas
Direto de São Paulo

Representantes de uma das maiores fabricantes de aviões do mundo prometem investir no Brasil e realizar parcerias para transferência de tecnologia ao País. Prestes a instalar um escritório em São Paulo e sondando a possibilidade de abrir uma fábrica, a Boeing projeta investimento em biotecnologia e colaboração com a colega brasileira Embraer, que desde 2005 produz um modelo movido a combustível verde, o Ipanema. Mas não estima o quanto está disposta a gastar.

"Queremos nos valer da experiência brasileira para fazer uma aviação mais sustentável. Estamos na fase de investigar" declarou a presidente da Boeing do Brasil, Donna Hrinack. Ela e o presidente internacional da empresa, Sheppard Hill, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) no Palácio dos Bandeirantes para tratar da vinda da fabricante. A empresa deve instalar um escritório no País em 2012, de acordo com previsão de Donna.Hill destacou a habilidade brasileira para superar a crise internacional. "O Brasil demonstrou possibilidade para enfrentar a desaceleração que a economia do mundo enfrenta. Eu acredito que a posição do Brasil e seu potencial de exportação e produção provam que ele pode superar o momento", disse o executivo. Ele defendeu ainda um maior investimento em educação para que o País possa se aproveitar quando houver a retomada do crescimento no ambiente internacional.

Caças

O presidente da agência de fomento ao investimento paulista, a Investe São Paulo, Luciano Almeida, declarou que a Boeing acredita que o Brasil deve ser seu quarto maior mercado no mundo. Ele declarou ter questionado na reunião sobre como estava o processo de concorrência para a venda de caças ao País e disse ter recebido uma resposta evasiva. "Eles disseram que estão agora na mesma condição que os demais", disse Almeida.Além da Boeing, disputam o fornecimento de caças para a Força Aérea Brasileira (FAB) a francesa Dassault e a sueca Saab. O ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou que a finalização do processo dependerá dos desdobramentos da atual crise na economia internacional.

DefesaNet

Donna Hrinak é nomeada para liderar a Boeing no Brasil - A nomeação, efetiva em 14 de outubro, expande ainda mais a presença da Boeing no Brasil e reforça o compromisso da empresa com clientes, indústria e governo. 28 Setembro 2011 Link

BOEING, EMBRAER e FAPESP Assinam Acordo para Desenvolver Programa de BIOCOMBUSTÍVEIS no BRASIL 26 Outubro 2011 Link

Boeing tenta aproximação com fornecedores brasileiros Valor 06 Outubro 2011 Link



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

F-X2