COBERTURA ESPECIAL - F-X2 - Defesa

12 de Agosto, 2013 - 09:45 ( Brasília )

Comandante da FAB falará sobre compra de caças na CRE


Em audiência marcada para amanhã na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, Juniti Saito tratará da aquisição de 36 aviões pela Aeronáutica.

No final deste ano, os caças Mirage 2000 do Brasil serão aposentados. Devido aos sucessivos adiamentos no processo de compra, as ofertas de empresas aéreas estrangeiras vencem este mês sem adecisão do Brasil.

A aquisição de 36 caças estrangeiros pela Força Aérea Brasileira (FAB) é o tema da audiência pública que a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) fará amanhã. O convidado para o debate é o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Juniti Saito.

Segundo o presidente da CRE, Ricardo Ferraço (PMDB-ES), no pedido para a realização da audiência, a atual fase do Projeto FX-2, da FAB, consiste na aquisição de 36 aeronaves de caça “de múltiplo emprego”, incluindo itens como os simuladores de voo, a logística inicial e a transferência de tecnologia.

Três opções

Segundo Ferraço, a Estratégia Nacional de Defesa enfatizou que a compra desses aviões de guerra deveria ter como característica prioritária a transferência de tecnologia para o Brasil por parte do país vendedor. Em 2008, a Aeronáutica chegou a anunciar a seleção de três aeronaves como possíveis objetivos de compra do Brasil: Boeing F-18E/F Super Hornet (norte-americano), Dassault Rafale F3 (francês) e Saab Gripen NG (sueco).

Ferraço explicou que, devido aos sucessivos adiamentos, as ofertas apresentadas pelas empresas estrangeiras para venda de seus aviões vencem neste mês, o que levará à renovação das ofertas.

Os caças Mirage 2000 do Brasil serão aposentados no último dia de 2013, o que preocupa o senador em virtude da possibilidade de a compra dos novos aviões não ser concretizada ainda neste ano.



Outras coberturas especiais


Especial Espaço

Especial Espaço

Última atualização 24 NOV, 15:00

MAIS LIDAS

F-X2