COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Segurança

09 de Outubro, 2012 - 11:30 ( Brasília )

Marinha entrega 100 fuzis à Polícia Militar para uso na fronteira


A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul recebeu na manhã de hoje (8), a doação de 100 unidades de Fuzil Automático Leve – M964, calibre 762 (7,62 milímetros) e 200 carregadores, do Comando do 6° Distrito Naval, sediado em Ladário, cidade distante 419 quilômetros de Campo Grande. A maior parte do armamento será levada para os batalhões na área de fronteira, onde serão usados para combater o crime na região.

O termo de doação foi assinado pelo comandante do 6° Distrito Naval, contra-almirante Rodolfo Frederico Dibo, em cerimônia no gabinete do governador André Puccinelli, com a participação do secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, e do ex-comandante do 6º Distrito Naval, contra-almirante Márcio Ferreira de Melo.

"São armas do inventário da Marinha entregues à Polícia Militar como cooperação dentro de uma parceria desenvolvida sob a vigência do Plano Estratégico de Fronteira e sob o enfoque histórico de parceria que a Marinha tem com o Mato Grosso do Sul", frisou o contra-almirante Dibo.

A arma de longo alcance, cerca de 300 metros, dará, segundo o almirante, o reforço na segurança pública, além de contribuir para a população do Estado.

O armamento doado está sendo substituído na Marinha por outro modelo, cerca de 1,2 quilos mais leve, que tem adequação melhor às necessidades de serviço do fuzileiro naval. Operacionalmente os dois fuzis possuem o mesmo desempenho, mas o peso é o diferencial para o fuzileiro, que normalmente trabalha com uma carga de 35 quilos de material.

O governador Pucinelli destacou que o policiamento do Estado será melhor municiado com a chegada dos armamentos. "Com os fuzis os policiais vão continuar a fazer frente ao crime na área de fronteira com mais eficiência. Respeitamos a Marinha do Brasil como instituição de defesa da soberania nacional que é também nossa parceira na segurança do Estado".

O secretário Jacini afirmou que as armas são rotineiramente de uso comum em área rurais. "A maior parte será levada para a fronteira e algumas vão ficar em Campo Grande"

Em 2009, a Marinha em Ladário doou para a Polícia Militar 50 fuzis e 100 carregadores, que foram utilizados nas ações de prevenção e repressão a crimes nas regiões de fronteira com a Bolívia e Paraguai e nas divisas com outros estados. (Campo Grande News - MS)



Outras coberturas especiais


PROSUPER

PROSUPER

Última atualização 12 DEZ, 16:30

MAIS LIDAS

Fronteiras