COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Naval

15 de Agosto, 2012 - 09:40 ( Brasília )

Ágata 5 - Conselho Militar de Defesa visita o Estado do Mato Grosso do Sul para avaliação da operação


“Cooperação e Trabalho conjunto”. Essas foram as palavras do Ministro da Defesa, Embaixador Celso Amorim, em sua avaliação sobre as rotinas de fiscalizações realizadas durante a Operação Ágata 5.

O Ministro se reuniu na cidade de Ponta Porã (MS), no dia 8 de agosto, com os Comandantes da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, e do Exército, General-de-Exército Enzo Martins Peri, além do Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), General-de-Exército José Carlos De Nardi e membros do Conselho Militar de Defesa.

Na ocasião, o Ministro da Defesa recebeu o relatório das primeiras ações da Operação Ágata 5, que está mobilizando cerca de 17 mil militares e civis das Forças Armadas e de 25 Agências Reguladoras e Órgãos federais, estaduais e municipais.


Durante visita à cidade, que faz fronteira com o Paraguai, a Comitiva conheceu o Projeto Piloto do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), que está em desenvolvimento pelo Ministério da Defesa. Esse sistema, quando implantado, irá permitir ao País maior controle sobre os seus 16.880 km de fronteiras.
 

Para o Ministro da Defesa, o propósito principal da operação é intensificar a presença do Estado nas regiões de fronteiras. “O objetivo é marcar a presença do Estado Brasileiro. É importante destacar a perfeita integração das Forças Armadas e a ajuda das outras Agências envolvidas nesse trabalho. Em cada Operação Ágata que é realizada sempre há um avanço, sempre há uma novidade. As Forças Armadas estão de parabéns pelo trabalho desenvolvido.”
 

VISITA NO COMANDO DO 6° DISTRITO NAVAL

No dia 9 de agosto, em continuidade as programações de visitas previstas nas regiões onde são realizadas a Operação “Ágata 5”, integrantes do Conselho Militar de Defesa estiveram em Ladário e Corumbá (MS), para acompanhar de perto as ações desenvolvidas. Cerca de 40 pessoas, entre elas os Comandantes da Marinha e do Exército, juntamente com os demais membros da comitiva, visitaram o Comando do 6° Distrito Naval.


Na ocasião, a comitiva conheceu o Monitor “Parnaíba, navio subordinado ao Comando da Flotilha de Mato Grosso, que integra a Força Naval Componente da Operação Ágata 5 e realiza Patrulhas,  Inspeções Navais e ação de presença no Rio Paraguai.

A Marinha participa da operação com cerca de 30 embarcações em uma área que vai do Chuí (RS) a Corumbá (MS). São realizadas, ainda, Ações Cívico-Sociais(ACISO) em proveito das comunidades ribeirinhas, com o intuito de prestar atendimento médico e odontológico à população carente.