COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Defesa

29 de Novembro, 2016 - 11:50 ( Brasília )

Ministério da Defesa e Forças Armadas terão programa semanal de rádio


Uma fronteira de 16.886 quilômetros - a terceira maior do mundo -, onde estão mais de 700 municípios, foi importante estímulo para que a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) lançasse o projeto de um programa radiofônico semanal, tendo como parceiros o Ministério da Defesa e as Forças Armadas.

As linhas gerais foram apresentadas ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, pela diretora geral da EBC, Christiane Samarco, na última quinta-feira (24), durante visita que fez à sede da empresa, em Brasília. Proposta feita, proposta aceita. Mas os planos não param por aí, serão analisadas outras propostas nas mais variadas mídias do grupo estatal de comunicação.

E assim entrará em fase de pré-produção o programa “Fronteiras do Brasil” que, segundo o radialista Walter Lima, seu mentor, permitirá a divulgação de diversas atividades na faixa fronteiriça, mas não se limitará apenas a elas. Por sugestão do ministro Jungmann, o “Fronteiras” também irá abordar outros temas relevantes como a Operação Carro Pipa, que assegura o abastecimento de água a 4 milhões de nordestinos.

“A ideia é mostrarmos essa diversidade de ações pouco conhecidas do país”, afirmou o radialista.

O programa

O programa começou a ganhar forma a partir da percepção de que o Ministério da Defesa precisava buscar um canal de maior proximidade com a nossa população, capaz de expressar as numerosas ações do ministério, que não se limitam apenas ao conteúdo militar. Para essa finalidade, nenhum veículo melhor que o rádio para chegar, especialmente, ao nosso interior, nossas fronteiras e, mesmo, além-fronteiras, já que o alcance das emissoras da EBC é excepcionalmente grande.

Com a duração máxima de 60 minutos, o “Fronteiras” terá produção de conteúdo pela Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa e pelos Centros de Comunicação Social da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

A edição caberá à equipe da EBC que o levará ao ar pelas emissoras de rádio: Nacional de Brasília AM (980 kHz); Nacional da Amazônia Ondas Curtas (OC)  e Nacional do Alto Solimões AM/FM. Haverá transmissão por broadcast (rádio e satélite), além de internet (portal das emissoras) e celular (aplicativo TuneIn).

De acordo com a sinopse, o “Fronteiras do Brasil” trará as ações sociais desenvolvidas pelas Forças Armadas junto às pessoas que vivem em municípios localizados na região fronteiriça do Brasil com os 10 países sul-americanos, sejam eles moradores das cidades ou que vivem em lugares mais remotos.

Também abordará temas como defesa e segurança, inovação e soberania nacional. A meta é que, no próximo mês, as equipes fechem o piloto, com a realização de ensaios, e o programa possa realmente chegar aos lares destes brasileiros pelas ondas das emissoras no começo de 2017.