COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Naval

14 de Outubro, 2016 - 10:05 ( Brasília )

Militares da Marinha iniciam a operação “Fronteira Sul”


Navios da Marinha do Brasil, subordinados ao Comando da Flotilha de Mato Grosso, suspenderam, no dia 5 de outubro, em direção a Porto Murtinho (MS), iniciando a operação “Fronteira Sul”. As ações ocorrem até o dia 21 de outubro, de forma simultânea e completar com a Operação “Ricardo Franco”, coordenada pelo Exército Brasileiro.

O objetivo é incrementar e aperfeiçoar o nível de adestramento, levar assistência médica e odontológica à população ribeirinha, fiscalizar o tráfego aquaviário e aumentar a segurança da navegação no Rio Paraguai.

Durante o primeiro dia de travessia da operação, os navios realizaram exercícios individuais de reação rápida; ações de inspeção naval nas embarcações e comboios no Rio Paraguai; ações de reconhecimento aéreo; e ações de defesa antiaérea devido à investida simultânea de duas aeronaves da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro.

Além de navios, aeronaves, lanchas e viaturas, a Marinha contou com o apoio de embarcações, aeronave e tropas do Exército. Ao todo, a operação naval envolveu 860 militares na operação naval, que também contou com ações de assistência hospitalar, como atendimento médico e odontológico.

No dia 8 outubro, chegaram a Porto Murtinho (MS) o Monitor “Parnaíba”, os Navio Transporte Fluvial “Paraguassu” e “Leverger”, Navio de Apoio Logístico Fluvial “Potengi”, Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano”, Navios Patrulha “Penedo” e “Pirajá” e a embarcação “Esperança Pantanal”.

Em Porto Murtinho, a equipe de saúde do Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano”, até o momento, realizou 113 atendimentos médicos, 390 odontológicos e distribuiu cerca 4.600 medicamentos moradores Murtinho localidade paraguaia denominada Ilha Margarita.

Ainda na operação “Fronteira Sul”, em Porto Murtinho, o público prestigiou a Banda de Música do Comando do 6º Distrito Naval, na noite do dia 8, durante apresentação no Teatro de Arena “Astério da Conceição”.