COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Naval

28 de Julho, 2015 - 11:00 ( Brasília )

Marinha do Brasil utiliza tecnologia de ponta durante Operação Ágata 9


Assessoria de Imprensa 6º DN


A Marinha do Brasil está utilizando o novo Terminal Terrestre, de 5ª geração, na Operação Ágata 9. O equipamento possui tecnologia de ponta com o propósito de realizar comunicação via satélite, conectando assim as Forças Armadas e o Ministério da Defesa, o que permite tráfego seguro de informações e controle aperfeiçoado das atividades desenvolvidas na operação.

Destaca-se a capacidade do equipamento em operar sob qualquer condição e em qualquer local, e a não necessidade de uso redes privadas de comunicação, o que garante independência das comunicações militares e aumenta a disponibilidade dos sistemas conjuntos das Forças Armadas. O Terminal foi adquirido este ano pelo Ministério da Defesa.

Sobre a importância da nova tecnologia, o Comandante do 6º Distrito Naval, declarou que "não há sombra de dúvidas que a Marinha do Brasil no Pantanal aumentou a sua capacidade de comunicações operativas, na fronteira oeste do País e, que por vezes, vivenciávamos dificuldades naturais da própria região".
 

Marinha do Pantanal faz balanço parcial da Operação Ágata 9

Desde o início da Operação Ágata 6 no dia 09 de outubro, diversos meios subordinados ao Comando do 6° Distrito Naval realizam ações na faixa de fronteira. Foram empregados navios do Comando da Flotilha de Mato Grosso, um Grupo Tarefa de militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, além de embarcações da Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN).

A Força Naval Componente está realizando diariamente inspeções navais e ações de presença na calha do Rio Paraguai. Em três dias de Operação 142 embarcações foram inspecionadas, 28 notificadas e 3 apreendidas, sendo uma de transporte de carga/passageiro e dois empurradores. Também foi realizado em uma ação conjunta da Marinha do Brasil com a Polícia Federal apreensão de 2.100 quilos de maconha e um veículo na rodovia PR-495 na manhã do dia 22. Um homem foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, receptação, uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e resistência.

Na parte de Assistência Hospitalar (ASSHOP) realizada pelo Navio de Assistência Hospitalar "Tenente Maximiano" já foram realizados 55 atendimentos médicos, 40 odontológicos e 1754 medicamentos distribuídos.

Na Operação Ágata 9, a Marinha do Pantanal está operando na faixa de fronteira dos estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná e Rondônia, empregando um efetivo de 1000 homens, 9 navios, 3 helicópteros, 40 embarcações e 23 viaturas, com o objetivo de realizar Patrulha Naval, Inspeção Naval e Patrulhamento nos rios Paraguai, Cuiabá, Paraná, Abunã, seus afluentes e; no Lago Itaipu, a fim de contribuir para a redução das ações do crime organizado e práticas ilícitas, bem como para intensificação da presença do Estado.



Outras coberturas especiais


PROSUPER

PROSUPER

Última atualização 12 DEZ, 16:30

MAIS LIDAS

Fronteiras