COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Terrestre

04 de Abril, 2014 - 13:35 ( Brasília )

Sisfron - EB ativa Esquadrão Destacado em Iguatemi


CaarapoNews
Caarapó - MS

O Exército Brasileiro, através do comando do 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado (17º RC Mec), com sede em Amambai, ativou nesta quarta-feira passada, dia 2 de abril, o 3º Esquadrão Destacado, em Iguatemi.

A cerimônia de ativação aconteceu na manha do dia dois (2) nas dependências da própria subunidade militar, com a coordenação do atual comandante do 17º RC Mec, Tenente-coronel Heron Salomão Cardoso Angelim e contou com a presença de autoridades civis e militares e de segmentos de classes de Iguatemi e região.

Para receber o novo efetivo, as instalações do então Destacamento Militar, está passando por obras de reformas e por processo adequação do prédio.

Esquadrão Destacado faz parte de estratégia militar

De acordo com o comandante do 17º RC Mec, tenente-coronel Heron, a instalação do Esquadrão Destacado em Iguatemi, município de 15,4 mil habitantes e situado em uma região de fronteira seca com o Paraguai, faz parte do SIFRON (Sistema de Monitoramento de Fronteiras) que vai aumentar a vigilância das fronteiras do Brasil com países vizinho.

Dentro do sistema, que vem sendo implantado gradativamente pela força terrestre, também está previsto o aumento do efetivo militar no Exército no Destacamento do Exército Brasileiro em Mundo Novo, entre outras ações.

Todo o trabalho de monitoramento na região Cone Sul de Mato Grosso do Sul, será comandado de uma central de operações montada no 17º RC Mec em Amambai, cuja edificação foi concluída recentemente.

Segundo o comando da organização militar, dentro do cronograma do SISFRON, o 17º RC Mec, já recebeu remessas de viaturas leves de grande capacidade operacional e irá continuar recebendo equipamentos de ponta, entre eles "VANTs" (Veículos Aéreo Não Tripulado), rádios comunicadores de longo alcance e remessas de carros de combate modelo Guarani.

Segundo Heron Cardoso Angelim, os carros de combate Guarani, que já estão em linha de montagem, estão sendo equipados com sistema eletrônico e tecnologia de ponta, cem por cento desenvolvida no Brasil.

Segundo o comandante do 17º RC Mec, além de aumentar a vigilância das fronteiras, visando garantir a soberania nacional, o monitoramento desenvolvido pelo Exército Brasileiro por meio do SISFRON também terá como objetivo cooperar com as agências de inteligência e com os organismos estaduais e federais no sentido de combater ilícito como o contrabando e o tráfico drogas, armas e munições, por exemplo.