COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Naval

07 de Junho, 2013 - 11:11 ( Brasília )

Integrando forças durante a Operação “Ágata 7”


Já são 18 dias de intensas fiscalizações em nossas fronteiras. A Operação “Ágata 7” que foi desencadeada no dia 18 de maio, numa área que abrange do Oiapoque (AP) ao Chuí (RS), que apresenta expressivos resultados no trabalho conjunto entre as Forças Armadas e órgãos federais. A “Ágata 7” integra o Plano Estrate?gico de Fronteiras (PEF), institui?do pela Presidenta Dilma em junho de 2011, e e? coordenada pelo Estado-Maior Conjunto Forças Armadas (EMCFA).

Em entrevista, para o programa de rádio “Café com a Presidenta”, do dia 3 de junho de 2013, a Presidenta Dilma Rousseff falou sobre essa ação militar que contribui, não somente para fortalecer a seguranc?a das localidades abrangidas pela operac?a?o, mas trazendo, ainda, impactos positivos para quem vive em outras cidades. “Protegendo as nossas fronteiras, no?s ajudamos a aumentar a seguranc?a da nossa pro?pria populac?a?o e a dos grandes eventos que se aproximam, a Copa das Confederac?o?es em junho, e a Jornada Mundial da Juventude Cato?lica, no me?s que vem, quando vamos receber a visita do Papa Francisco”, disse.

A Marinha do Brasil participa da Operação “Ágata 7” nas áreas do 5º, 6º e 9º Distritos Navais e emprega meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais no combate a ilícitos nas fronteiras brasileiras.

Comando do 5º Distrito Naval

Em paralelo às atividades operativas da “Ágata 7”, a Marinha do Brasil promoveu, nos dias 27, 28 e 29 de maio, uma Ação Cívico-Social (ACISO) em uma escola localizada na cidade de Uruguaiana (RS).

Os militares da Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul realizaram a reforma no prédio da referida Instituição de Ensino. Entre os reparos, destacam-se a pintura do muro e da parte externa do refeitório, reparo e nivelamento do piso atrás da quadra esportiva e substituição das lâmpadas fluorescentes por lâmpadas eletrônicas.

Durante a ACISO, os militares proferiram aos estudantes palestras sobre a “Amazônia Azul” e “Como Ingressar na Marinha do Brasil”.

Para checar de perto as ações desenvolvidas pela Marinha na região Centro-Oeste do País, o Comandante Logístico da Área de Operações, Contra-Almirante (FN) Jorge Armando Nery Soares, esteve em Corumbá e Ladário (MS) para acompanhar e conhecer a capacidade logística da Base Fluvial de Ladário e do Grupamento de Fuzileiros Navais.

Embarcado em uma lancha e acompanhado pelo Comandante do 6º Distrito Naval, pode acompanhar as ações que estão sendo executadas na região e conhecer, ainda, a área de adestramento do Rabicho.

No dia 27 de maio, o Comandante Militar do Oeste, General-de-Exército João Francisco Ferreira, e comitiva foi recebido a bordo do Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano” para acompanhar as ACISO que estão sendo realizadas na cidade de Porto Murtinho (MS). Durante a comissão médicos da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira realizaram atendimentos de clínica geral, pediatria, ginecologia e odontologia, além de prestar apoio na revitalização de escolas.

As ACISO estão intensificadas na região norte do País. Os Navios de Assistência Hospitalar “Oswaldo Cruz”, “Carlos Chargas” e “Soares de Meirelles” realizam diariamente atendimentos médicos e odontológicos às famílias ribeirinhas.

Desde o início da operação, o Navio-Patrulha Fluvial (NPaFlu) “Rondônia”, realiza inspeção e patrulha no Rio Madeira. Até o dia 27 de maio, mais de 59 embarcações regionais, de recreio, balsas de mineração e empurradores com balsas foram vistoriados, 29 receberam notificações e três foram apreendidas. Durante as abordagens foram divulgados, ainda, o Programa de Segurança da Navegação.

No dia 28 de maio, o Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, juntamente com o Comandante do Exército, General-de-Exército Enzo Martins Peri, visitaram o 4º Pelotão Especial de Fronteira (PEF) em Estirão do Equador, na fronteira do Peru. A Marinha atua nessa região, junto com o Exército, na realização do controle fluvial no Rio Javari, com o NpaFlu “Roraima”.

 



Outras coberturas especiais


OTAN

OTAN

Última atualização 15 DEZ, 09:30

MAIS LIDAS

Fronteiras