COBERTURA ESPECIAL - Front Interno - Defesa

27 de Abril, 2016 - 09:35 ( Brasília )

Ruralistas querem Exército contra MST no governo Temer


Brasil 247


A bancada ruralista no Congresso pedirá ao vice-presidente Michel Temer que, caso assuma o poder, empregue as Forças Armadas nos conflitos por terras no país; "Às vezes é necessária uma ação em nível nacional. Por isso a necessidade de resgatar o papel das Forças Armadas", diz o deputado Marcos Montes (PSD-MG), presidente da Frente Parlamentar da Agronegócio (FPA).

A bancada ruralista no Congresso pedirá ao vice-presidente Michel Temer que, caso assuma o poder, empregue as Forças Armadas nos conflitos por terras no país.

A proposta será formalizada pela Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) ao vice ainda nesta semana, segundo o jornalista Fernando Rodrigues. Atualmente, a responsabilidade pelos conflitos no campo é das polícias militares e dos governadores dos Estados.

"Às vezes é necessária uma ação em nível nacional. Por isso a necessidade de resgatar o papel das Forças Armadas", diz o deputado Marcos Montes (PSD-MG), presidente da FPA.

Segundo Montes, a FPA não apresentará diretamente nomes para o Ministério da Agricultura, mas deseja que o novo ministro seja ligado diretamente ao agronegócio. Entre os nomes cotados para o cargo está o do deputado federal César Halum (PRB-TO).

Deputados ruralistas estiveram entre os principais apoiadores da continuidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff. No dia 16 de março, a bancada declarou apoio formal ao impedimento da petista. Às vésperas da votação no plenário da Câmara, a FPA também orientou os deputados a fazer mobilizações pró-impeachment nas redes sociais.