COBERTURA ESPECIAL - Front Interno - Segurança

15 de Março, 2013 - 15:00 ( Brasília )

Caminhão-Museu vai percorrer o país contando a história da luta pela terra

Veículo possui vários ambientes e atividades para o entretenimento



Foi inaugurado nessa quinta-feira (14) o Caminhão-Museu Sentimentos da Terra. A estreia foi em Belo Horizonte (MG), mas o museu móvel percorrerá o país contando a história das lutas do povo brasileiro pela terra e por seus direitos. A iniciativa é uma parceria do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural (Nead/MDA) e do Projeto República, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O museu diferenciado, abrigado em um caminhão moderno, vai se desdobrar em um centro de lazer, focado na educação e na consciência crítica. Quando montado, o Caminhão Museu possui vários ambientes e atividades para o entretenimento, incluindo uma galeria de personagens, maquetes e estúdio para fotos. O funcionamento vai da manhã à noite.

Tecnologia - As principais atrações são os 11 vídeos que contam a história da luta pela terra, exibidos em duas salas. Os artistas Caio Blat, Chico Buarque, Dira Paes, Gilberto Gil, José Wilker, Letícia Sabatella, Maria Bethânia, Regina Casé, Seu Jorge, Vera Holtz e Wagner Moura fizeram as narrações dos vídeos, que são de responsabilidade do arquiteto e designer Grinco Cardia. As técnicas de computação utilizadas transformam imagens, documentos históricos, ilustrações, desenhos e pinturas em maquetes 3D e animações.

O caminhão possui um espaço com seis computadores e acesso à internet, um monitor touchscreen interativo, biblioteca com livros sofisticados sobre arte, fotografia, geografia, histórias, costumes e tradições.

Após a inauguração em Minas Gerais, “Sentimentos da Terra” segue para Brasília, com chegada prevista para 4 de abril.