COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

13 de Agosto, 2019 - 10:00 ( Brasília )

FAB promove treinamento operacional com Esquadrão Arara em Surucucu (RR)

O Exercício contou com o emprego da aeronave C-105 Amazonas em procedimentos especiais de aproximação, arremetida, pouso e decolagem

Tenente Elias E Tenente-Coronel Santana


O Instituto de Pesquisas e Ensaios em Voo (IPEV) participou, no período de 8 a 20 de julho, do treinamento das tripulações do Esquadrão Arara (1º/9º GAV), sediado na Ala 8, em Manaus (AM), que operam a aeronave C-105A.

O objetivo foi qualificar os militares para a execução dos procedimentos especiais na pista do aeródromo de Surucucu, em Roraima (RR). Durante o treinamento, foram realizadas aulas teóricas, instrução em simulador abrangendo atividades normais e de emergência específicas para a localidade, treinamento dos procedimentos de cabine, das características de voo e da familiarização com atividades especiais.

Por fim, ocorreram treinamentos de aproximação, pousos e decolagens em Surucucu. No total, foram qualificados quatro pilotos, dois mecânicos de voo e três Load Masters (graduado responsável pela carga a bordo da aeronave). Em atendimento a uma solicitação do Comando de Preparo (COMPREP), o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), por meio do IPEV e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), certificou, no final de 2018, procedimentos especiais de aproximação, arremetida, pouso e decolagem para aquela localidade.

Depois de realizadas as ações de infraestrutura necessárias ao cumprimento dos procedimentos especiais, como a instalação de um Sistema Indicador de Rampa de Aproximação de Precisão Simplificado (APAPI), pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA); e a atualização do simulador da aeronave, pelo Centro de Computação da Aeronáutica de São José dos Campos (CCA-SJ), ocorreu o treinamento da tripulação do 1º/9ºGAV para execução de suas atividades no aeródromo, com a colaboração do IPEV.

Participaram da atividade o Major Engenheiro Leonardo Maurício de Faria Lopes e o Capitão Aviador Thiago Fontes Macedo, que foram os responsáveis pelos ensaios de certificação.

“A operação foi um exemplo de interação eficiente da Força Aérea Brasileira (FAB). Os Grandes-Comandos COMPREP, DECEA, COMGAP [Comando-Geral de Apoio] e DCTA atuaram em conjunto para ampliar o nível de operacionalidade Força”, concluiu o Capitão Aviador Thiago Macedo.



Fotos: IPEV

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Base Industrial Defesa

Base Industrial Defesa

Última atualização 18 SET, 13:50

MAIS LIDAS

Modernização FAB