COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

30 de Setembro, 2016 - 10:10 ( Brasília )

FAB recebe nova aeronave-laboratório para inspecionar equipamentos de aeroportos

Primeira unidade do Legacy 500, da Embraer, chegou ao Grupo Especial de Inspeção em Voo

Daisy Meireles / Ten Gabrielli Dala Vechia
 

A Força Aérea Brasileira (FAB) conta, desde a última sexta-feira (23/09), com uma nova aeronave-laboratório para compor a frota de aviões destinados à inspeção em voo. O primeiro Legacy 500, desenvolvido e fabricado no País pela Embraer, já está na unidade que vai operá-lo, o Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), no Rio de Janeiro (RJ).

Além dessa unidade, o contrato prevê a entrega de mais cinco aeronaves, para substituir os atuais C-95 Bandeirante. A chegada da segunda aeronave ao GEIV está prevista para dezembro deste ano e as outras quatro até o final de 2020. O GEIV é responsável por medir, aferir e calibrar equipamentos auxiliares à navegação aérea instalados em aeroportos de todo o País.

A nova aeronave é fruto do projeto I-X e trata-se de um jato executivo adaptado para receber o laboratório. "As particularidades do Legacy 500, como autonomia, alcance e o fato de ser um produto brasileiro, foram cruciais para a escolha do equipamento", afirma o gerente-adjunto do projeto I-X, Tenente-Coronel Luis Fernando Ferro.

Ele explica que o ganho operacional será sentido, principalmente, em inspeções de aeroportos fora do Rio de Janeiro. Com capacidade de voo de mais de 5.600km, mais equipamentos poderão ser verificados em um mesmo voo. O avião possui tecnologia “fly by wire” (controle das superfícies móveis de comando da aeronave por intermédio de pulsos elétricos) e pode chegar a 800 km/h.

A aeronave projeta internacionalmente a indústria aeronáutica brasileira, já que a Embraer foi a primeira empresa no mundo a construir uma aeronave-laboratório com um sistema de inspeção nesse tipo de aeronave. São equipamentos de última geração que, aliados às características do Legacy 500, trazem segurança e conforto à tripulação, além de confiabilidade e precisão aos dados coletados.

Batismo - A cerimônia de batismo da aeronave contou com a presença do diretor-geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Vuyk de Aquino. O oficial-general afirmou, em seu discurso, que o GEIV está escrevendo um novo capítulo em sua história de inspeção em voo."Hoje estamos recebendo a plataforma de inspeção em voo mais moderna do mundo”, afirma.

Ele ressaltou que a ideia é fazer o uso intensivo dessa tecnologia, garantindo a segurança da navegação aérea no Brasil. "Isso permitirá que, através de inspeções em voo seguras e rápidas, tenhamos uma aviação com a regularidade necessária para a condução da nossa sociedade, que tanto espera e confia no nosso trabalho" ressalta. "Vamos dar as boas-vindas ao GEIV 01 – FAB 3601 que, a partir de agora, segue para fazer inspeções com grandes demandas”, finalizou o Tenente-Brigadeiro Aquino.

Em seguida, o comandante do GEIV, Tenente-Coronel Marcelo Lima Pinheiro, afirmou que o momento do recebimento da aeronave reforçava e materializava, para cada integrante da inspeção em voo, a importância da contínua dedicação aos estudos.

“Nesta data, o GEIV ratifica ao DECEA o seu compromisso em manter a elevada qualidade no cumprimento de sua missão e garantir o fortalecimento da soberania, da integração nacional e do controle do espaço aéreo brasileiro”, disse.



Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 19 NOV, 21:40

MAIS LIDAS

Modernização FAB

5