COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

09 de Junho, 2015 - 11:20 ( Brasília )

Sistema usado para planejar missões aéreas na FAB ganha novos recursos

Versão 2.8 do Sistema de Planejamento de Missões Aéreas (PMA II) foi entregue ao Comando-Geral de Operações Aéreas (COMGAR)

IEAv


O Sistema de Planejamento de Missões Aéreas (PMA II) foi atualizado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv) e ganhou novos recursos para ajudar as tripulações da Força Aérea Brasileira (FAB). O PMA II é utilizado para planejar atividades de voo, em missões conjuntas, manobras ou ações rotineiras. O software também serve para realizar debriefings após o voo, como, por exemplo, validar o resultado de um combate.

Desde 2009, quando a primeira versão do sistema foi entregue, já foram realizadas nove atualizações. Segundo a Gerente do projeto no IEAv, analista Márcia Rodrigues Campos de Aquino, a versão 2.8 do PMA foi desenvolvida em um ano e as mudanças se basearam em sugestões trazidas pelos usuários finais – os pilotos. “Existe uma constante interação entre os responsáveis pelo PMA II, as unidades áreas da FAB e o próprio COMGAR, o que facilita a utilização do software, o recebimento de sugestões dos usuários e a contínua inserção de novas funcionalidades nas versões seguintes”, explica Márcia.

Entre os novos recursos, está o módulo NOTAM, que permite a visualização de informações aeronáuticas disponibilizadas pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), que influenciam na segurança, regularidade e eficiência do voo. Outra novidade é o módulo WEZ, que permite exibir aquilo que, no jargão aeronáutico, é denominado “envelope cinemático” de mísseis ar-ar. Ou seja, os pilotos dispõem da informação sobre o alcance efetivo, mínimo e máximo, do míssil, conforme varia a velocidade do lançador e do alvo.

“A constante incorporação de novas funcionalidades e a revisão daquelas já desenvolvidas é importante para garantir que as necessidades da FAB sejam atendidas, além de promover a integração com os novos sistemas adquiridos”, ressalta Márcia.

Brasília recebe exposição do novo caça da FAB

Moradores e turistas que estiverem em Brasília até o próximo domingo (14/06) terão a oportunidade de ver de perto como será o novo caça da Força Aérea Brasileira (FAB). Uma maquete em tamanho real do Gripen NG será exposta a partir desta quarta-feira (10/06) na Esplanada dos Ministérios. A exposição, gratuita, ocorrerá das 8h às 18h.

A maquete é feita de fibra de vidro, madeira e metal. O painel pode ser ligado e permite visualizar algumas das futuras funcionalidades da aeronave multitarefa. Também fazem parte do protótipo os armamentos que poderão ser utilizados no Gripen, como o míssil A-Darter. A maquete pertence à empresa Saab, fabricante do Gripen.

A montagem, que leva dois dias, começa hoje (08/06). Dez pessoas, entre militares da FAB e técnicos da empresa, vão participar do trabalho. “É um quebra-cabeças, onde todas as peças têm um lugar bem específico, inclusive dentro do container. Se a sequência não estiver correta, o material não se encaixa”, afirma o mecânico, Suboficial Divaldo Soares. Ao todo, são cerca de 14 toneladas de equipamentos.

Novo Caça

O Brasil assinou, em outubro de 2014, o contrato para a aquisição de 36 caças Gripen NG. Além da compra em si, o projeto envolve a participação de brasileiros no desenvolvimento da aeronave e na construção de unidades, tanto na Suécia quanto no Brasil, com transferência de tecnologia.

Os 36 caças devem ser entregues entre 2019 e 2024. Todos ficarão sediados na Base Aérea de Anápolis, no interior de Goiás, podendo operar a partir de pistas de pouso espalhadas em todo o País.

Será a primeira vez que o Brasil receberá caças supersônicos novos desde a chegada dos F-5 em 1975.



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Modernização FAB