COBERTURA ESPECIAL - Modernização FAB - Aviação

04 de Dezembro, 2003 - 12:00 ( Brasília )

F-5BR -EMBRAER Realiza Apresentação Oficial do Caça



Informe Embraer

São José dos Campos, 4 de dezembro de 2003 - Perante altas patentes do Comando da Aeronáutica, representantes de empresas parceiras e fornecedoras, engenheiros e técnicos envolvidos no programa de modernização dos caças F-5E e F-5F da Força Aérea Brasileira, a Embraer realizou hoje, em suas instalações de São José dos Campos, a apresentação oficial do caça supersônico F-5BR. O primeiro protótipo do caça modernizado pela Embraer realizou seu vôo inaugural há poucas semanas, com o mais absoluto sucesso.

"Este programa desempenha um importante papel na histórica e bem-sucedida parceria da FAB com a Embraer, e portanto o evento de hoje representa muito para a Empresa", afirmou Maurício Botelho, Diretor-Presidente da Embraer.

"São aeronaves que atendem a requisitos extremamente exigentes e de altíssimo padrão de desempenho e qualidade, fatores fundamentais para a defesa do espaço aéreo brasileiro".

O programa de modernização e reaparelhamento, denominado Programa F-5BR, prevê que todos os aviões F-5E/F incorporados à FAB no início dos anos 70 serão atualizados de modo a assegurar sua vida operacional por mais 15 anos pelo menos. O programa, desenvolvido pela Embraer com a participação da empresa israelense Elbit, envolve 46 unidades, entre o F-5E (monoposto) e o F-5F (biposto). Estão sendo aplicados aos aviões um novo pacote de aviônicos, sistema de navegação, novos assentos ejetáveis, gerador de oxigênio a bordo, sistemas de autodefesa e radar multímodo.

Empregando tecnologia de 4a geração e equipada com telas digitais, a cabine proporciona baixo esforço para o piloto e foi projetada para todas as condições de tempo, dia e noite, encontradas em todos os teatros de operação. A configuração permite o controle total dos sistemas através de comandos instalados no manche e na manete de potência. Dois computadores de alto desempenho e um sistema integrado de navegação INS/GPS também foram incluídos. Três telas multifuncionais em cores e um visor tipo HUD (que projeta informações à frente do piloto) levam ao F-5BR o que de melhor existe em interface homem-máquina. Todos os sistemas de visualização e
iluminação do F-5BR foram projetados para o uso com óculos de visão noturna.

O F-5BR também incorpora sistema de visor no capacete, enlace de dados, sistema de planejamento de missão e capacidade para treinamento virtual em vôo. A aeronave será qualificada com o armamento padrão já existente na FAB, como o míssil brasileiro ar-ar de curto alcance MAA-1 Piranha, bem como bombas e casulos externos. Também estão disponíveis os sistemas de armamento (convencional e inteligente) usados nos caças de nova geração, incluindo a capacidade de utilizar mísseis Além de Alcance Visual (BVR) e bombas guiadas a laser.


O primeiro protótipo do caça F-5F modernizado pela
Embraer: mais 15 anos de vida útil

04 Dezembro 2006
FAB


FAB: O primeiro F-5 modernizado

Desde a sua criação, em 1941, a FAB vem sendo equipada para cumprir a sua missão. Até o início da década de 70, foi possível manter uma igualdade tecnológica com relação a outras Forças Aéreas mais desenvolvidas. Porém, após essa época, tem sido um desafio mantê-la atualizada, devido ao investimento necessário para a aquisição e desenvolvimento do material aeronáutico.

Sensível à importância da manutenção da soberania nacional, o Governo Federal aprovou, em 1996, a Política de Defesa Nacional (PDN), que previa, entre outras medidas, a disponibilidade de recursos para o reaparelhamento das Forças Armadas.

Alinhado com a PDN, a FAB idealizou o Programa de Fortalecimento do Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (PFCEAB), em 2000.

O PFCEAB prevê a disponibilidade de recursos na ordem de US$ 2,8 bilhões, a serem utilizados até 2007. São sete grandes projetos, que se dividem entre aquisição e modernização de aeronaves.

Um desses projetos, o F-5 BR, foi concebido para modernizar todos os "Tiger" F-5 da FAB. A EMBRAER, indústria aeronáutica nacional altamente capacitada e competitiva mundialmente, e a israelense Elbit são as empresas responsáveispelo serviço. Serão incorporados equipamentos de última geração, aprimorandoa capacidade de detecção, ataque, autodefesa, comunicação e navegaçãodaquelas aeronaves.

No dia 4 de dezembro, a EMBRAER apresentou à Força Aérea Brasileira, na sua fábrica em São José dos Campos - SP, o primeiro protótipo da aeronave F-5 modernizada. A apresentação foi o resultado de um grande empenho e do esforço integrado, ao longo do projeto, de equipes da Aeronáutica nas áreas operacional, logística, técnica e de pesquisas e desenvolvimento.

Na cerimônia estiveram presentes o Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, o Comandante-Geral do Ar, o Diretor do Departamento de Pesquisas e Desenvolvimento e o Comandante-Geral de Apoio, entre outras autoridades civis e militares.



Outras coberturas especiais


Panorama Haiti

Panorama Haiti

Última atualização 17 NOV, 19:40

MAIS LIDAS

Modernização FAB

5