COBERTURA ESPECIAL - Eventos - Naval

14 de Julho, 2016 - 11:30 ( Brasília )

Grupamentos operativos do Com3°DN realizam exercício


No dia 6 de julho, o Navio Patrulha Oceânico “Araguari”, o Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal e o Navio Patrulha “Guaíba” participaram de um adestramento de Força de Emprego Rápido (FER), que faz parte da política de defesa nacional. O objetivo é manter os grupamentos operativos em condições de pronto emprego em ação da defesa da pátria e dos interesses nacionais.

Desse modo, o adestramento realizado pelos meios subordinados ao Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN) faz parte do plano de operação da FER no Nordeste. A atividade contou com a participação de 33 militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal, Oficiais e Praças, e com a presença do Estado-Maior do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste.

Na ocasião, os Fuzileiros Navais puderam acompanhar as atividades marinheiras e participar de exercícios de postos de abandono, homem ao mar e light line. Este último se configura como a passagem de um dispositivo entre os navios que, mantendo suas posições em paralelo a uma distância determinada, podem transferir cargas leves ou até mesmo óleo no mar. Além disso, os militares participaram de uma palestra sobre vida a bordo, na qual puderam esclarecer dúvidas junto à tripulação do navio.

Treinamento para os Jogos Olímpicos Rio 2016

O Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea realizou, no dia 5 de julho, um exercício de lançamento do míssil superfície ar mistral, na restinga da Marambaia (RJ). Na ocasião, foram realizados dois disparos contra alvos aéreos snipe, operados pelo Centro de Apoio a Sistemas Operativos. O exercício faz parte do treinamento dos Fuzileiros Navais para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Enquanto bilhões de telespectadores estarão assistindo as provas e competições esportivas, os militares do Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea estarão sob o controle operacional do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), realizando a defesa antiaérea da Vila Olímpica, Parque dos Atletas, Rio Centro e Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, onde serão realizadas as provas de 22 modalidades esportivas.

O Grupamento Operativo de  Fuzileiros Navais de Defesa Antiaérea, ativado oficialmente no dia 30 de junho, será composto por 326 militares, que realizarão, a partir do dia 24 de julho, a vigilância do espaço aéreo diuturnamente e estarão prontos a contribuir com as medidas de policiamento determinadas pelo COMDABRA.

Para desempenhar sua missão, o grupamento desdobrará no terreno unidades de tiro do míssil superfície ar mistral e contará com a visualização radar da região da Barra da Tijuca, disponibilizada pelo 1º Grupo de Comunicações e Controle da Força Aérea Brasileira, complementada pelo radar SABER M-60 e postos de vigilância estabelecidos pela própria unidade.

A ação de vigilância contará ainda com o apoio de um pelotão de infantaria de Fuzileiros Navais e um destacamento de apoio de serviços ao combate.



Outras coberturas especiais


Doutrina Militar

Doutrina Militar

Última atualização 23 OUT, 17:00

MAIS LIDAS

Eventos