COBERTURA ESPECIAL - Eventos - Terrestre

21 de Dezembro, 2015 - 10:00 ( Brasília )

COTER assume os Jogos Olímpicos

Em videoconferência, EME formaliza a transmissão da direção operacional das ações da Força ao COTER.

Com um balanço bastante positivo e orientações específicas quanto à logística da Força e aos recursos já alocados, o Estado-Maior do Exército (EME) realizou, na manhã de 17 de dezembro, no Quartel-General do Exército, a última reunião geral do ano de 2015 para tratar sobre a preparação do Exército para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.

A atividade, conduzida pelo chefe do EME, General de Exército Sergio Westphalen Etchegoyen, ocorreu nas dependências do Comando de Operações Terrestres (COTER) e contou com a participação de todas as autoridades responsáveis pelas diversas vertentes nas quais o Exército contribuirá para o êxito das Olimpíadas no Rio de Janeiro.

Logística e visibilidade da Força

As grandes preocupações estiveram centradas no planejamento e no emprego imediato dos recursos disponibilizados, a fim de atender a todas as possíveis demandas, bem como minimizar as dificuldades para o recebimento e a distribuição do material adquirido para o emprego nas operações.

As observações feitas deixaram claro que o Exército estará presente em diversos setores com grande visibilidade para a população, portanto, todos os aspectos relacionados aos princípios e aos valores que norteiam a Instituição precisam ser permanentemente evidenciados e destacados.

Uma atuação muito abrangente

A participação do Exército estará direcionada para as já conhecidas vertentes de defesa e atletas militares de alto rendimento que compõem as equipes nacionais. Além dessas, já existem acertos para a participação de militares nas cerimônias de premiação, bem como a utilização do Centro de Capacitação Física do Exército, na Urca, para funcionar como a Casa do Time Brasil, um local de treinamento e de descanso para vários atletas nacionais.

O Exército também estará envolvido no apoio às ações de combate ao terrorismo, defesa antiaérea, fiscalização de explosivos, desembaraço alfandegário de armas e munições, escoltas de atletas e autoridades. Na região em torno da Vila Militar de Deodoro, funcionará um complexo desportivo para diversas modalidades, destacando-se o tiro e o hipismo, além de outras, que poderão vir a contar com apoio da Força na arbitragem, coordenação e montagem das competições.

Reunião do pôr do sol: a que precede as batalhas do dia seguinte

Nas palavras do General Etchegoyen, por ser a última do ano de 2015, a videoconferência foi semelhante à reunião do pôr do sol realizada pelos militares ao término do dia, precedendo a execução de grandes operações militares, para acertar, detalhadamente, todas as ações para o dia seguinte. Ele disse estar muito satisfeito com o grau de entendimento dos desafios e das soluções dadas até o momento e tem a certeza de que a sociedade brasileira identificará, com facilidade, todo o trabalho realizado pelo Exército nas Olimpíadas.



Outras coberturas especiais


Pacífico

Pacífico

Última atualização 23 AGO, 10:25

MAIS LIDAS

Eventos