COBERTURA ESPECIAL - Eventos - Segurança

29 de Janeiro, 2015 - 16:39 ( Brasília )

JO RIO-2016 - SESGE intensifica preparação contra ações terroristas

A Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça (SESGE/MJ) está reforçando as ações de prevenção e enfrentamento ao terrorismo.



Diante de um cenário de preocupação cada vez maior com ações extremistas, a Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça (SESGE/MJ) está reforçando as ações de prevenção e enfrentamento ao terrorismo.

Em 2016, os Jogos Olímpicos devem atrair mais de um milhão de turistas ao Rio de Janeiro, além de atletas, comissões técnicas e jornalistas de mais de 200 países, ampliando a necessidade de capacitação e cooperação internacional para a prevenção desses atos.

Nesta semana, a SESGE/MJ recebe a visita de representantes do Antiterrorism Assistance Program (ATA), o programa antiterrorismo do Departamento de Estado dos Estados Unidos, bem como representantes da Embaixada e agentes do FBI (a polícia federal norte-americana) especializados em ações antibombas.

O secretário Andrei Rodrigues apresentou aos profissionais o Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), estrutura que funcionou como a peça-chave do esquema de segurança empregado durante a Copa do Mundo 2014. “Ninguém consegue fazer um evento de porte dos Jogos Olímpicos de maneira isolada. Nosso objetivo é ampliar o quanto possível nossas relações, nossas parcerias, nossas trocas de informações, para que possamos ter um ambiente realmente muito seguro”, explica Rodrigues.

O programa ATA foi criado em 1983, e tem como objetivo proporcionar treinamentos para servidores de segurança pública de governos de países parceiros dos EUA, como é o caso do Brasil. É formado por policiais que atuam no desenvolvimento de meios eficazes de formação e detecção de crimes, investigação, segurança aeroportuária, proteção marítima e segurança de dignitários, entre outros.

Entre as ações de cooperação internacional de segurança pública para os Jogos Olímpicos, abordadas durante a visita, foi salientada a importância de ações de capacitação e treinamento interagências, bem como a troca de experiências da SESGE com a ATA no chamado background check, ou seja, o levantamento de informações de vida pregressa de indivíduos que serão credenciados para o evento. “A SESGE é o nosso interlocutor mais importante no Brasil”, declarou um integrante da Diplomatic Security Service (DSS), serviço de segurança diplomática da Embaixada dos EUA.

Eventos internacionais - Na próxima semana, a SESGE participará da 5ª Reunião de Diretores de Inteligência da América Latina, Caribe, México e Espanha, que acontecerá na cidade de Marbella, na Espanha.

O evento terá como foco a troca de experiências e as ferramentas para inteligência estratégica na luta contra o crime organizado, e é promovido pelo Centro de Inteligência contra o Terrorismo e Crime Organizado (CITCO), do Ministério do Interior da Espanha. Será o primeiro internacional de inteligência após o atentado contra o jornal Charlie Hebdo, ocorrido em janeiro, em Paris.

Dentro do processo de integração, também está prevista a participação de representantes da SESGE no Security & Policing 2015, evento promovido pelo Ministério do Interior do Reino Unido, que acontece na cidade de Farnborough, onde serão apresentadas e discutidas soluções de segurança pública, com foco em segurança de grandes eventos, contra-terrorismo, segurança de fronteiras, entre outras áreas.



Outras coberturas especiais


Crise Militar

Crise Militar

Última atualização 18 AGO, 00:20

MAIS LIDAS

Eventos