COBERTURA ESPECIAL - Eventos - Defesa

15 de Maio, 2014 - 11:40 ( Brasília )

GLO - Militares demonstram capacidade operacional em Curitiba

Cerca de três mil militares serão responsáveis pela segurança na Copa em contexto de Garantia da Lei e da Ordem

A Coordenação de Defesa de Área (CDA) de Curitiba apresentou nesta terça-feira (13/05) o efetivo que vai participar das ações da Copa do Mundo na cidade. A cerimônia, realizada no Quartel General da Quinta Divisão do Exército, contou com a presença do Major-Brigadeiro do Ar Roberto Carvalho, Coordenador da CDA; do General de Divisão do Exército, Luiz Felipe Kraemer Carbonell; do General de Brigada do Exército, Fernando Marques de Freitas e do prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, além de outras autoridades militares e civis. "Um dos legados da Copa é a capacitação, a qualificação de todos os integrantes nessa missão", ressaltou o prefeito.

Os militares vão ser responsáveis pela segurança na Copa do Mundo em contexto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), caso haja autorização da Presidência da República. A tropa, composta por 2.200 militares do Exército e mais 800 da Aeronáutica, Marinha e representantes das agências governamentais, vai atuar de forma conjunta durante o Mundial.

Além do efetivo, foram também apresentadas viaturas especializadas, como blindados M113, Urutus; viaturas leves para apoiar a mobilidade da tropa; viaturas lançadoras de água e viaturas específicas com posto de descontaminação.

Um dos equipamentos utilizados é a plataforma móvel de comando e controle, equipada com internet via satélite e vídeo conferência com a transmissão de sinal via rádio. Caso seja necessário, é dela que vão ser monitoradas as ações de GLO.

"Estou muito satisfeito com a integração entre as Forças Armadas e todas as instituições governamentais parceiras. Nós estamos prontos e a Copa do Mundo em Curitiba vai ser um sucesso", constatou o Major-Brigadeiro Roberto.

Controle de Distúrbios


Durante o evento, houve a simulação de um controle de distúrbio em contexto de GLO com cerca de oitocentos militares utilizando roupa específica anti-tumulto com joelheira e protetores de cotovelo, além de cassetetes e granadas.

No treinamento, eles arremessaram granadas de gás lacrimogêneo, granadas de luz e som. Além disso, fizeram uma demonstração do emprego de munição de borracha, utilizada para auxiliar na dispersão de multidões.

"As estrelas da Copa serão os jogadores que estarão em campo, mas vamos estar sempre presentes para fazer dessa Copa um evento brilhante", ressaltou o Comandante da Força Componente, General de Divisão Luiz Felipe Kraemer Carbonell.

Leia também:
Ação para a Copa acontece no Quartel do Exército do Pinheirinho (Link)


Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 19 NOV, 21:40

MAIS LIDAS

Eventos