COBERTURA ESPECIAL - Embraer - Aviação

19 de Fevereiro, 2016 - 10:20 ( Brasília )

Embraer espera ganhar novos clientes na região Ásia-Pacífico


A Embraer espera conseguir novos clientes na região Ásia-Pacífico e acredita que essa região responderá por um quarto da demanda mundial por aviões de passageiros de pequeno porte.

Mercados como a Indonésia serão "incríveis" para a fabricante, que também espera que seu único cliente indiano faça novas encomendas, disse o diretor comercial da Embraer, John Slattery, em entrevista para a Bloomberg TV no Singapore Airshow, na quarta-feira.

Slattery disse que a fabricante poderá vender até 100 aviões na Indonésia, a maior economia do Sudeste Asiático.

A aposta da Embraer na região Ásia-Pacífico é semelhante à da Airbus e da Boeing, as duas maiores fabricantes de aviões do mundo, que também projetam que a região vai se tornar o maior mercado aeroespacial em duas décadas.

Prevendo uma oportunidade, as empresas chinesas e japonesas do setor também estão construindo aviões pequenos para concorrer com a Embraer e com a canadense Bombardier.

A Embraer tem 20 clientes em 11 países asiáticos, que operam mais de 200 aeronaves, disse Slattery.  "Temos muito mais trabalho a fazer nessa região", disse ele. "Estamos comprometidos com a região. Nós queremos crescer aqui".

Segundo a Embraer, as empresas aéreas de todo o mundo precisarão de 6.350 aviões capazes de transportar de 70 a 130 passageiros nas duas próximas décadas. Essas aeronaves serão avaliadas em US$ 300 bilhões. Um quarto dessa projeção virá da Ásia, segundo a empresa.

A Embraer recebeu uma encomenda de US$ 2,9 bilhões da startup indiana Air Costa em 2014. Esse cliente anunciará novas encomendas neste ano, disse Slattery.



Outras coberturas especiais


Base Industrial Defesa

Base Industrial Defesa

Última atualização 22 JUN, 13:20

MAIS LIDAS

Embraer